Seguro

Bateria arriada não é problema. Saiba como acionar o seguro

Compartilhe em:

A bateria é como o coração do carro… E quando descarrega, gera uma tremenda dor de cabeça. Conheça as principais causas de bateria arriada e o que fazer para recarregá-la

“Será que a bateria morreu?”, você se pergunta após a quinta tentativa de ligar o carro. “Cara, não acredito. Isso é sério?” Aborrecido, você se recosta no banco.

“Mas e se a bateria só estiver fraca? Pode ser isso, não é? Ou talvez até esteja carregada e o problema seja apenas um cabo solto, sei lá. Ou, talvez…”

Mas então você silencia os pensamentos e encara os sinais indiscutíveis. O painel não acende. Os faróis não ligam. E quando você gira a chave na ignição, escuta o decepcionante barulho de bateria morta: TEC! E agora?

A seguir, descubra os sinais de bateria arriada, como recarregá-la e as principais causas desse problema.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Sinais de que a bateria do seu carro está arriada — ou quase lá

Sinais de bateria fraca (com risco de arriar)

  • O motor gira arrastado, lentamente;
  • Dificuldade para dar partida;
  • Luzes internas fracas;
  • Aparelho de som desligando sozinho;
  • Faróis fracos.

Sinais de bateria arriada

  • Nenhum componente elétrico liga, como painel, faróis, luzes internas, alarme etc.;
  • Ao girar a chave na ignição, você ouve um clique seco característico de bateria arriada.

Causas mais comuns de bateria arriada

Algumas das causas que deixam a bateria arriada são fáceis de identificar. Porém, existem outras mais sorrateiras, que irão obrigar você a voltar ao mecânico várias vezes em busca do verdadeiro problema.

Erros humanos

Um erro seu pode ter drenado a bateria, como:

  • Esquecer as luzes internas ligadas;
  • Esquecer os faróis acesos;
  • Esquecer o rádio ou aparelho de som funcionando;
  • Esquecer a luz de direção acesa.

Corrente parasitária

Mesmo com o carro desligado, alguns sistemas continuam consumindo a bateria, como as travas elétricas. E não há nada de errado com isso. Porém, se o sistema elétrico estiver defeituoso, outros sistemas também passarão a consumir a bateria.

E aí começa o problema. Enquanto seu carro está desligado na garagem, seus acessórios eletrônicos mal instalados — câmeras e alarmes, por exemplo — sugam a energia da bateria.

Veículo parado

Mecânico fazendo manutenção de bateria arriada.

Como falamos, mesmo com o carro desligado, é normal alguns sistemas gastarem bateria. No entanto, estima-se que, por dia, um carro desligado consuma 3% da bateria.

Faça as contas e lá está o perigo: caso seu carro fique aproximadamente 1 mês desligado, esses acessórios irão consumir toda a carga da bateria.

Temperaturas frias

Você sabe, às vezes o frio é cruel. Ele pode deixar os joelhos e dedos tão enrijecidos que fica difícil movimentá-los.

Algo semelhante acontece com os automóveis e seus componentes internos em épocas geladas. Confira:

  • As reações químicas que geram energia dentro da bateria têm dificuldades para acontecer.
  • Os óleos lubrificantes ficam mais grossos e viscosos, obrigando o motor a sugar mais carga da bateria.
  • Devido a temperatura mais baixa no cilindro, o motor consome mais bateria para queimar o combustível.

Alternador

Quando o carro está funcionando, o alternador gera energia elétrica e alimenta os sistemas elétricos primários, como o som e luzes. Porém, caso esteja com problema, não produz energia elétrica, fazendo esses sistemas elétricos puxarem energia diretamente da bateria.

Consequência? A bateria enfraquece até arriar.

Vida útil

Infelizmente, a vida útil da bateria de carro não duram para sempre.

Caso você use a mesma bateria há mais de três anos, é provável que apresente sinais de velhice, como falhas elétricas. E então, certa manhã, enquanto você luta para funcionar o carro, a bateria está morta embaixo do capô.

O que fazer quando a bateria arriar?

Pegar no tranco

A ideia é empurrar o carro para fazê-lo pegar no tranco. E se ele estiver em uma ladeira, facilita o processo.

Siga os passos:

  1. Coloque o veículo em ponto morto;
  2. Ligue o contato;
  3. Solte o freio de mão;
  4. Deixe o carro descer a ladeira;
  5. Ao atingir 10 km por hora, pise na embreagem, engate a 2° marcha e solte a embreagem se tudo der certo, o motor dará partida.

Caso seu veículo esteja em uma rua plana, peça ajuda de outras pessoas para empurrá-lo.

Chupeta

Para recarregar a bateria do carro fazendo chupeta, você precisa de cabos auxiliares e um carro com a bateria carregada.

Como fazer:

  1. Aproxime os dois carros.
  2. Por segurança, desligue-os e acione seus freios de mão.
  3. Conecte as pinças de cabo vermelho nos pólos positivos das baterias: uma pinça na bateria carregada, a outra na descarregada.
  4. Ligue o carro que está com a bateria carregada. Em seguida, dê partida no seu carro.
  5. Seu carro funcionou? Desconecte os cabos na ordem inversa em que os colocou — primeiro, desconecte-os dos pólos negativos; depois, dos positivos.
  6. Calma aí, ainda não acabou. Dirija por 15 minutos para que o alternador possa recarregar a bateria.

Carregador de bateria

Assim como você recarrega a bateria do seu celular, também pode recarregar a bateria do seu carro — com um carregador específico, é claro.

Um probleminha: e se…

E se não houver um carro para ajudar na chupeta? E se não houver pessoas para empurrar seu veículo? Pior ainda: e se a bateria tivesse chegado ao fim da sua vida útil?

O que você faz? Aqui está o truque…

Com o seguro Pay Per Use, você tem nossa assistência 24h. Assim, caso a bateria do seu carro abandone você, estamos prontos para socorrê-lo. Tudo que precisa fazer é nos solicitar direto do seu celular, pelo nosso aplicativo — fácil e rápido.

Gostaria de se proteger de situações irritantes e manter seu carro seguro? Conheça o Pay Per Use agora mesmo e fique longe dos imprevistos estressantes.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

A cor do seu carro pode afetar o preço do seu seguro?
Uma das partes mais legais de comprar um modelo zero quilômetro é poder escolher a cor do carro. Muito...
Qual é a garantia de que estou segurado de verdade?
Quando fechamos a contratação do seguro auto sempre fica a dúvida: o carro está segurado mesmo? Afinal, o seguro...
Qual a importância de fornecer os dados corretos na cotação e contratação do Seguro Auto Online?
Não se pode negar que as plataformas de cotação e contratação de Seguro Auto Online facilitaram muito a vida...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Seguro cobre parabrisa quebrado?
Você está dirigindo na estrada e, de repente, escuta um estalo e percebe que uma pedra atirada por um...
Veja como evitar contratar um seguro auto pirata
Nos anos 1980, o comercial do xampu anticaspa Denorex ficou famoso pelo slogan “Parece remédio, mas não é”. Na...