Mobilidade

5 países que pensam em mobilidade urbana

Compartilhe em:

mobilidade no mundo

Descubra os países que possuem as melhores estruturas de mobilidade urbana do planeta e são referências no assunto

O transporte urbano tem se tornado um desafio global. Com as cidades ficando cada vez mais populosas, a mobilidade urbana no mundo é um assunto para se pensar o mais rápido possível.

Apesar do desafio, cidades e países têm se destacado nessa luta, oferecendo um transporte de qualidade, ágil e acessível para seus moradores e turistas. Assim, com boa vontade dos governantes, é possível resolver essa questão sem muitas dificuldades.

Quer conhecer quais são as 5 cidades que se destacam na mobilidade urbana no mundo? Então, confira o artigo que preparamos!

1. Amsterdã, na Holanda

A cidade holandesa é famosa por seu imenso número de bicicletas. O número total desse meio de transporte chega a ultrapassar o total de moradores do município. 

Além de ser uma cidade propícia para andar de bike, por ser totalmente plana, Amsterdã também recebe o incentivo de seus governantes para prosperar nesse sentido.

Tirando o grande apoio aos ciclistas ou pessoas que preferem caminhar, existem outras boas alternativas para locomoção. 

Trens, metrôs, bondes elétricos, ônibus e até barcos são opções viáveis para os residentes do local. Eles podem deixar o veículo em casa e optar por meios de transporte mais sustentáveis.

2. Paris, na França

Uma das cidades com melhor mobilidade urbana no mundo, Paris tem no metrô o grande trunfo para deslocamento na região. São 303 estações que permitem a conexão do subúrbio com regiões centrais.

Desse modo, os 214 quilômetros que fazem parte do principal sistema de transporte de Paris são mais que suficientes para atender a demanda do público que está no município. E o melhor: de forma totalmente rápida, barata e passando pelas áreas de interesse da região com agilidade.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

3. Berlim, na Alemanha

A capital alemã também é referência em mobilidade urbana, oferecendo diversos modais para atender com excelência seus moradores e visitantes. Para quem está em Berlim, é comum ver os meios de transporte coexistindo em perfeita harmonia.

Assim, trem, metrô, ônibus, carros e bicicletas fazem parte de um trânsito seguro, fluído e rápido. E isso só foi possível pelo investimento dos governantes que construíram muitas ciclovias, disponibilizaram transporte público de qualidade e, atualmente, estão apostando bastante nos carros elétricos como alternativa limpa para deslocamento.

Mobilidade urbana mundo

4. Nova Iorque, nos Estados Unidos

O sistema de transporte de Nova Iorque recebe diariamente cerca de 10 milhões de usuários. Para atender toda essa demanda, é preciso que tudo funcione de forma eficiente e rápida, como de fato acontece no dia a dia.

Com quase 70% de usuários utilizando os metrôs nova-iorquinos para chegar até o trabalho, NY consegue ver o reflexo do investimento em transportes na população. Menos da metade dos cidadãos são proprietários de automóveis e a taxa de obesidade dos residentes é uma das menores do país.

5. Copenhague, na Dinamarca

Mais uma referência de mobilidade urbana no mundo, Copenhague é admirada por seu sistema de transporte focado em ciclistas e pedestres. Nela, é possível percorrer toda a cidade por ciclovias exclusivas, com sinalizações especiais e prioridade para as bikes, patinetes e semelhantes.

Dessa forma, mais de 45% da população aposta exclusivamente nas bicicletas para se locomover diariamente. Quando isso não é possível, os metrôs e ônibus cobrem toda a região com transporte de qualidade e respeito aos moradores e visitantes.

Mobilidade urbana no mundo: bons exemplos para o Brasil

Agora que você conheceu e entendeu que é possível apostar em meios alternativos de transporte, pode começar a repensar sua relação com os veículos como principal meio de deslocamento pela cidade.

E nem estamos falando de abandonar totalmente os veículos, mas sim utilizá-los com sabedoria e em momentos pontuais. Aposte no transporte público ou em bicicletas, patinetes elétricos e até na boa e velha caminhada para se deslocar pelos grandes centros.

Com isso, você terá um ganho imenso em qualidade de vida, além de ajudar na preservação do planeta, seja emitindo menos poluentes ou resíduos nocivos para o meio ambiente. Ainda, ajudará a criar um trânsito melhor, mais saudável e com menos caos.

Conheça o Pay Per Use

Baseado nesse pensamento, a Thinkseg criou o seguro auto Pay Per Use, uma modalidade inovadora de proteção aos veículos que aposta no uso consciente dos carros pelos motoristas e proprietários. 

Com o Pay Per Use, os donos de veículos pagam uma pequena mensalidade e alguns centavos por quilômetro rodado. Ou seja, quanto menos usarem o carro, mais barato vai ficar a conta no final do mês, o que é excelente para a saúde financeira.

De quebra, o seguro auto ainda ajuda essas pessoas a repensarem sua relação com o trânsito e a dependência dos veículos para se deslocarem o tempo todo, seja para grandes distâncias ou poucos quilômetros.

Quer fazer parte dessa mudança? Então, conheça o Pay Per Use agora mesmo. Faça uma simulação online e ajude a criar um mundo mais sustentável e consciente.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Escolha o modelo e a marca certa de pneu de bicicleta
As bicicletas, que já estavam em alta nos últimos cinco anos, explodiram na pandemia de Covid-19, que parou o...
Será que seguro de bike é caro?
Tudo começa com uma bicicleta de entrada, sem grandes expectativas, apenas para fazer uma atividade física. Em pouco tempo,...
Como mostrar as ciclovias no Google Maps?
Apesar de apenas 7% da população brasileira usá-la como meio de transporte, aos poucos a bicicleta vai ganhando mais...
Motos elétricas mais baratas do Brasil em 2022
Os carros eletrificados (híbridos + elétricos) vivem um boom no Brasil, com um crescimento de 78% nas vendas. Porém,...
O que são as ghost bikes?
Quem circula, principalmente pela cidade de São Paulo, já deve ter avistado alguma bicicleta inteiramente pintada de branco estacionada...
Alta do diesel pode deixar cidades sem ônibus, dizem empresas
Com os seguidos aumentos no preço do diesel, álcool ou gasolina, o transporte público das cidades de todo o...