Como ser sustentável em 07 passos simples

A sustentabilidade surge de pequenos gestos e promove grandes mudanças na vida das pessoas, nas cidades e no meio ambiente

Participar dos movimentos em prol da sustentabilidade é uma atitude que deve ser encarada como pré-requisito para uma vida mais leve e saudável. E isso inclui tudo que envolve nosso planeta.

Muitas pessoas acham que ser sustentável implica em mudanças muito drásticas em sua rotina. Na verdade, esse processo é mais simples do que você imagina. Confira 7 medidas de como ser sustentável e coloque-as em prática agora mesmo!

1. Cuide do seu lixo

Os cuidados com o lixo devem começar logo no ato da compra dos produtos. Evite itens embalados exageradamente, como aquelas frutas cortadas que vêm em uma bandeja de isopor coberta com plástico filme – vamos combinar que não há necessidade para isso, né? Além de as frutas frescas terem sua própria “embalagem” natural, são muito mais saborosas e saudáveis!

O mesmo vale para sucos. Este é um resíduo que você produz desnecessariamente. É sempre bom optar pelos sucos de  frutas naturais. Adote essa postura para tudo o que você comprar, e sempre tenha em mente que é melhor evitar o ciclo do lixo.

Não se esqueça de separar adequadamente o lixo orgânico, garrafas, plásticos e latas. Se não existe um sistema de coleta no bairro, a alternativa é entrar em contato com cooperativas de reciclagem, que geralmente fornecem o serviço de recolhimento em domicílio.

2. Não compre por impulsividade

Os excessos de roupas, sapatos, cosméticos e acessórios, além de prejudicar sua vida financeira, também reforçam essa ideia do ciclo do consumo desenfreado. Uma calça jeans, por exemplo, precisa de, aproximadamente, 10 mil litros de água para ser fabricada.

Sem contar nos excessos de corantes e produtos químicos que são descartados na natureza e prejudicam o solo, rios e mares. Aproveite seu estilo para escolher peças assertivas e evite tendências de moda. O ideal é ter um guarda-roupa dinâmico e versátil.

3. Escolha melhor os alimentos

Infelizmente, a quantidade de comida que vai para o lixo no Brasil revela dados não muito otimistas. O Brasil desperdiça, aproximadamente, 26 milhões de toneladas de alimentos por ano. Na hora de ir ao supermercado, faça uma lista de compras e foque nela. Isso evita gastos e descartes desnecessários.

Escolher melhor os alimentos é uma maneira de como ser sustentável

Compre a quantidade de legumes, frutas e verduras que serão consumidas em um prazo antes da validade. O mesmo vale para outros tipos de alimentos. Na hora de cozinhar, evite frituras. Além de fazerem mal à saúde, elas dependem de óleo para seu preparo.

E este, quando não descartado corretamente, prejudica lençóis freáticos, polui rios e maltrata o solo. Caso faça algum tipo de fritura, guarde o óleo em uma embalagem seca e forneça às cooperativas que fabricam sabão com este material. Ou, se preferir, faça você mesmo o seu próprio!

4. Use menos seu carro

Com as opções de aplicativos de carona compartilhada, ciclovias, transporte público e mobilidade elétrica, deixar o carro em casa é um ato de sustentabilidade que promove melhorias para a cidade como um todo.

Sempre que possível, evite andar de carro ou outro meio de transporte que libera poluentes na atmosfera. Se a distância não for muito longa, vá a pé ou de bicicleta. Se o uso do carro é indispensável, você pode organizar caronas.

Cinco pessoas em um carro é melhor do que 5 carros com 1 pessoa em cada. Isso ajuda a diminuir congestionamentos e contribui para a redução dos poluentes do ar e da poluição sonora emitida pelos automóveis.

5. Controle o uso de energia elétrica

Essa é uma dica de como ser sustentável que se aplica a todos os ambientes, como residências e salas comerciais. Para evitar o desperdício de energia, mantenha os ambientes com amplas janelas, cores claras e com entrada de luz solar.

Cuidado com o tempo do seu banho. Cinco minutos são mais do que suficiente para a higiene e relaxamento. Além disso, evite eletrodomésticos que consomem muita energia.

Por fim, prefira as lâmpadas fluorescentes. Elas gastam 60% menos energia.

6. Água: cuidar para não faltar

Outra maneira de como ser sustentável é, obviamente, a economia de água. A crise hídrica é uma realidade mundial e deve ser encarada com toda atenção e seriedade que o contexto pede. Tome cuidado com o desperdício! Confira se não há vazamentos em torneiras ou canos da sua casa.

Economia de água é outra forma de sustentabilidade

Deixe acumular roupas para lavar e eleja um dia da semana para essa atividade. Reaproveite a água da máquina para lavar o quintal durante a semana. Basta guardá-la em bombonas fechadas e acrescentar uma pastilha de cloro para mantê-la conservada.

Escove os dentes com a torneira fechada e só abra para o enxágue. O mesmo vale para lavagem de louças. Só abra a torneira para tirar o sabão dos objetos. O tempo do banho também se aplica ao uso consciente de água.

7. Controle suas finanças

A vida financeira nos diz muito sobre como ser sustentável. Cuidado para dar ao seu dinheiro um destino que não lhe traga bons custos-benefícios. Reveja seus gastos e opte por serviços e produtos no modelo Pay Per Use.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Nesse sistema, você só paga pelo o que consome. Esse tipo de serviço se aplica em diversos contextos, como contratação de limpeza, aplicativos de carona e, a partir de agora, em mais um ramo importante: o do seguro para carros.

Deixar seu carro na garagem e utilizá-lo em situações de viagens ou eventuais passeios também faz uma boa diferença na sua conta bancária!

Já sabe como ser sustentável? Comece já!

Com essas dicas, você já pode começar agora mesmo a fazer parte desse universo incrível que é o da sustentabilidade. As ações que você faz agora poderão ser sentidas a curto, médio e longo prazo. O planeta agradece!