Auto

Os cinco melhores carros bons e baratos para jovens

Compartilhe em:

carros para jovens

Pode parecer que não, mas o público jovem está entre os mais exigentes quando o assunto é escolher carro. Hoje, não basta apenas um design bonito para atrair a atenção da molecada. Os carros para jovens devem ter conectividade, equipamentos de segurança e conforto, além de soluções no interior que permitam levar toda a galera sem perrengue.

Os fabricantes perceberam isso e, nos últimos anos, têm caprichado nos modelos de entrada, normalmente a escolha dos jovens motoristas. Há 10 anos o normal era um carro 1.0 básico. Já hoje, todos os modelos disponíveis no mercado brasileiro trazem pelo menos ar-condicionado, direção com assistência, airbag duplo e freios ABS.

Para facilitar a escolha, separamos cinco carros para jovens bons e baratos, entre novos e usados, na faixa dos R$ 30 mil aos R$ 70 mil. Há desde compactos, até SUVs e hatchbacks médios.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Melhores carros para jovens

Chevrolet Onix

Se há um culpado de o consumidor brasileiro exigir conectividade desde os modelos mais baratos é o Onix. A razão é a central multimídia original MyLink, que era um opcional escolhido por quase todo mundo desde o lançamento, em 2013. Além de conexão Bluetooth, a MyLink tem aplicativos nativos de música e navegação e a possibilidade de baixar fotos e imagens.

Outros atrativos do Onix são o visual agradável por dentro e por fora e o espaço interno adequado para quatro passageiros. Entre os equipamentos, ar-condicionado, direção hidráulica ou elétrica, além dos obrigatórios airbag duplo e freios ABS.

O Onix de primeira geração tem motores 1.0 e 1.4, este último com câmbio manual ou automático. Em 2016, a Chevrolet lançou uma reestilização que deu ao hatchback uma nova dianteira. O modelo antigo continuou como versão de entrada, batizada Joy. Três anos depois, a segunda geração foi lançada com um grande salto de qualidade e equipamentos.

Um Onix de primeira geração tem preço que varia entre os R$ 30 mil das versões LS 1.0 2013 e os R$ 70 mil do LTZ 1.4 com câmbio automático. Ele é um dos carros para jovens preferidos. Fuja das raras unidades sem ar-condicionado, que têm baixa liquidez e, consequentemente, maior desvalorização.

Hyundai HB20

O HB20 é contemporâneo e eterno rival do Onix e uma ótima opção entre os carros para jovens. Como no modelo da Chevrolet, o compacto da Hyundai combina desenho moderno, interior agradável e ótima aceitação no mercado. Apesar de não ter central multimídia nos primeiros anos, é o queridinho dos jovens universitários.

Em relação ao Onix, o HB20 leva vantagem nas motorizações mais modernas. Os modelos da primeira geração possuem opção 1.0 de três cilindros ou 1.6, com quatro cilindros e câmbio manual ou automático.

Tal qual o oponente Onix, o HB20 passou por reestilização em 2016, porém menos profunda. Na ocasião, apenas os para-choques e a grade do radiador foram redesenhados e a central multimídia chegou nas versões mais caras.. Para a surpresa de 0% de pessoas, ganhou a segunda geração exatamente na mesma época que o rival (2019).

Diferentemente do Onix, o ar-condicionado sempre foi item de série no HB20. Os preços também são similares e variam entre os R$ 35 mil da versão de entrada Comfort 1.0 de 2013 e os R$ 70 mil do HB20 Premium 1.6 automático do ano 2018.

Ford EcoSport

Após o enorme sucesso da primeira geração, o EcoSport subiu de patamar na segunda e trouxe uma construção mais esmerada e com melhor acabamento. Lançado em 2013, o SUV derivado do Fiesta ainda tem desenho atraente, além de ótimo espaço interno e bons itens de série.

Na segunda geração, o EcoSport manteve o estepe pendurado na tampa traseira, que se abre lateralmente. O motor Sigma 1.6 16V entrou no lugar do antigo Rocam 1.6. Já as versões topo de linha mantiveram o 2.0 16V.

Em 2017, o EcoSport ganhou retoques no visual externo e um novo painel, além de um motor 1.5 de três cilindros no lugar do 1.6 e um novo câmbio automático. Já o 2.0 ganhou injeção direta de combustível e uma caixa automática renovada.

No mercado de usados, é possível encontrar unidades da versão Freestyle 1.6 16V 2013 com câmbio manual e preços a partir de R$ 45 mil. No teto de R$ 70 mil de nossa pesquisa, dá para comprar um já reestilizado EcoSport Freestyle 1.5 2019 com câmbio automático. Fuja das versões com câmbio automatizado (e problemático) PowerShift.

Honda Fit

O Honda Fit sempre foi uma espécie de coringa. Com sua carroceria monovolume e bancos modulares, atrai quem precisa de um carro versátil e espaçoso, sem abrir mão do design, dos equipamentos e da economia. Tudo isso com o selo de confiabilidade da Honda. Está entre as melhores opções de carros para jovens.

Lançada em 2014 (já como modelo 2015), a terceira geração do Fit oferece sempre motor 1.5 com câmbio manual ou automático CVT. Apesar de ter mantido a personalidade característica das duas gerações anteriores, tem um visual mais esportivo e convencional, especialmente na dianteira, dotada de faróis horizontais. Em 2017, pequenas mudanças foram incorporadas nos para-choques e no interior.

Os preços do Fit 2015 começam em R$ 45 mil, valor pedido pela versão de entrada DX já com câmbio CVT. Por R$ 70 mil, você leva para casa um Fit LX 2017 ou as versões intermediária EX ou topo de linha EXL, ambas do ano de 2016. 

Jeep Renegade

Lançado em 2015, o Jeep Renegade deu uma chacoalhada no segmento de SUVs compactos, àquela altura representado apenas pelo EcoSport e pelo Renault Duster. Além do design inspirado nos antigos Jeep CJ, o Renegade se destaca por estar um degrau acima em termos de qualidade de construção, acabamento, segurança e equipamentos.

Seu calcanhar de aquiles é o motor 1.8 16V de origem Fiat, que não permite um bom desempenho e tem consumo um pouco elevado. Entretanto, não chega a incomodar e vai bem no uso urbano. Na estrada, o câmbio automático reduz com frequência para manter o motor sempre na faixa ideal de torque.

Seguro, confortável, espaçoso e com desenho prá lá de inspirado, o Renegade faz sucesso como carro para jovens. Na versão de entrada Sport, dá para encontrar unidades 2016 com câmbio manual ou automático custando entre R$ 60 mil e R$ 65 mil. Por R$ 70 mil, compra-se um Sport 2017 ou a versão intermediária Longitude do modelo 2016. 

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Quer agendar uma viagem? Conheça o Uber Reserve
Desde o fim de março, a Uber disponibiliza um novo serviço no Brasil, o Uber Reserve. Não se trata...
Os 10 carros que mais fizeram sucesso no mundo em todos os tempos
Qual é o carro mais rápido do mundo? E o mais veloz? As listas de recordes na indústria automobilística...
Piloto automático e limitador de velocidade: qual a diferença entre ambos?
Muita gente confunde o piloto automático dos carros com o limitador de velocidade. Ambos são ativados pelo motorista, interferem...
Volvo inaugura mais um carregador para eletrificados em SP
A eletrificação segue em ritmo acelerado no Brasil, que teve 3.395 emplacamentos de veículos 100% elétricos no primeiro semestre...
Confira o valor dos 10 carros mais vendidos hoje em dia
As vendas de automóveis e comerciais leves no mercado brasileiro seguem em queda em 2022. No primeiro semestre do...
Qual o melhor carro SUV para comprar em 2022?
Os SUVs definitivamente caíram no gosto do brasileiro. Basta olhar o ranking de vendas para entender o sucesso. Nada...