Thinkseg
Auto

Novo ou usado: qual o melhor nesse momento?

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
carro novo ou usado

Saiba quais condições devem ser consideradas antes de comprar um carro, seja ele novo ou usado

Diante do atual cenário de crise mundial, o mercado de carros vem oferecendo inúmeras vantagens para o consumidor como forma de fomentar a compra e venda de veículos. 

Isso acontece pois, com as medidas de isolamento impostas para tentar conter a propagação do vírus, muitas concessionárias e montadoras tiveram que fechar suas portas temporariamente, o que resultou numa brusca queda nas vendas. 

Essa situação se mostra ainda mais expressiva para a compra de carros novos. Isso porque, com a crise econômica, o consumidor se torna mais cauteloso na hora de escolher seu novo veículo. 

Mas, o que será que compensa mais, comprar um carro novo ou usado? Confira nossas dicas a seguir antes de tomar a decisão final. 

O que deve-se considerar ao decidir por carro novo ou usado?

Antes de mais nada, é preciso salientar que o momento é de recessão e incerteza econômica: com várias empresas e comércios parados, o consumidor deve realizar um balanço financeiro para que a compra do veículo não comprometa o seu orçamento. 

Caso esteja decidido a comprar um veículo novo, ou até mesmo trocar de carro, deverá levar em consideração os seguintes pontos: 

1 – Os valores disponíveis para entrada e financiamento

Se você já estava considerando comprar um carro antes da pandemia, provavelmente já fez um bom planejamento financeiro para que isso aconteça. 

Dessa forma, é necessário entender qual a faixa de preço disponível para que você possa pagar sem se complicar financeiramente. 

Neste sentido, os carros usados tendem a ser mais baratos e exigem um valor de entrada menor. Além disso, muitas concessionárias oferecem benefícios na troca do seu carro, o que pode gerar um bom desconto na compra do seu semi-novo. 

Outro ponto a ser analisado é justamente sobre o financiamento, caso não disponha do valor total da compra. Isso porque é essencial considerar o momento que estamos vivendo antes de comprometer uma boa parte do orçamento. 

Caso tenha estabilidade financeira e a certeza de que conseguirá cumprir os prazos do contrato, verifique as melhores condições oferecidas pelo vendedor. 

2 – Gastos mensais com o veículo

Embora as recomendações de saúde indiquem que o melhor é permanecer em casa, ocasionalmente você precisará usar o carro para se locomover. Portanto, é importante considerar os gastos mensais com o veículo. 

No caso dos carros usados, esse valor pode ser ainda maior, tendo em vista que as manutenções deverão ser realizadas com maior frequência para garantir que tudo funcione perfeitamente. 

Já para os veículos novos, essa manutenção pode demorar um pouco mais para acontecer. Ainda sim, gastos com combustível, lavagens e outras possíveis despesas devem ser incluídas no planejamento. 

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

3 – Considere suas preferências

Se o seu sonho é entrar em um carro com cheiro de novo, remover os plásticos dos bancos e dirigir algo que ninguém ainda dirigiu, então você deve comprar um carro novo. Mas, se essa não for a sua prioridade, então um carro usado também pode ser uma opção. 

O fato é que em ambos veículos, você deve considerar suas preferências: leve em conta questões como conforto, comodidade, desempenho e até mesmo a tecnologia utilizada em sua fabricação. 

Vale lembrar que itens adicionais também influenciam no preço final, portanto, considere essa etapa também no planejamento financeiro.

3 – Avalie a tendência de depreciação

Um dos pontos mais importantes que deve ser considerado na compra de um carro novo ou usado, é justamente na taxa de desvalorização do veículo. 

Segundo especialistas, a taxa de desvalorização de um veículo novo é de 10% a 20% no seu primeiro ano de uso, a partir do momento em que ele é retirado da concessionária. A taxa pode chegar a 50% de perda do valor nos três primeiros anos. 

Já com os carros seminovos, a taxa costuma ser bem menor, uma vez que, na teoria, o veículo já passou por esse período de depreciação. 

4 – Verifique a reputação da concessionária

novo ou usado

Independente do momento, escolher uma concessionária de confiança é fundamental para fechar um bom negócio e ter mais garantias de que terá o respaldo necessário caso algo aconteça. 

No entanto, esse cuidado deve ser redobrado com as compras durante o período da pandemia. Isso porque durante o isolamento imposto, as vendas e negociações têm se concentrado no ambiente digital. 

A dica, neste caso, é pesquisar bem sobre a empresa antes de sair por aí fechando o negócio. Verifique avaliações e comentários de outros compradores, e dê preferência para indicações de quem você confia. 

6 – Atente-se a preços muito abaixo do mercado e descontos excessivos

É normal que neste período, muitas concessionárias e montadoras ofereçam descontos e condições especiais, tanto para a compra de veículos novos, quanto de usados. Embora isso seja muito bom para o consumidor, é importante ficar atento às entrelinhas. 

Verifique se o que está sendo ofertado é realmente possível e tome bastante cuidado para não cair em pegadinhas. Ler os miúdos do contrato é boa forma de evitar que isso aconteça.

7 – Contratar um seguro é fundamental

Outro fator que deve ser analisado antes da compra do veículo, é justamente a proteção do bem. O ideal é fazer a cotação do seguro auto, pois os valores podem variar até 100% entre modelos do mesmo segmento. 

Inclusive, existe ainda a possibilidade carro não ser aceito pela seguradora. Portanto, esta etapa é fundamental, afinal, já pensou realizar o seu sonho e deixá-lo exposto aos riscos do dia a dia? Não dá né!

Avalie também o tanto que irá utilizar o seu carro, pois você pode economizar com um seguro pago por uso durante esse processo.

Por isso, tenha paciência, avalie todas as questões mencionadas antes de fechar o negócio. Dessa forma, você garante que fará uma boa escolha para aproveitar assim que tudo isso acabar!

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Porsche ou BMW? Conheça empresas que oferecem planos de aluguéis de carros de luxo por uma hora ou meses
Você é louco por marcas de carros famosas, porém não tem condições de estacionar um modelo de luxo, um...
O que é e como funciona o cartão de combustível
Quem tem ou administra frotas de veículos, sejam elas pequenas, médias ou grandes, já deve ter ouvido falar no...
Rodas grandes: desempenho ou só estética?
Não dá para negar que um belo jogo de rodas faz toda a diferença no carro. Prova disso é...
A cor do seu carro pode afetar o preço do seu seguro?
Uma das partes mais legais de comprar um modelo zero quilômetro é poder escolher a cor do carro. Muito...
12 que você não pode deixar de ter dentro do carro
Foi-se o tempo em que se levava apenas luvas no porta-luvas. Não que elas não sejam importantes (já experimentou...
Os cinco melhores carros bons e baratos para jovens
Pode parecer que não, mas o público jovem está entre os mais exigentes quando o assunto é escolher carro....