Auto

Qual o melhor momento para trocar de carro?

Compartilhe em:

Melhor momento para trocar de carro

Quer trocar de carro? Então, descubra quando é o momento certo para ir atrás de outro veículo

Se você chegou até aqui, certamente está procurando dicas para saber quando trocar de carro. Assim, por ser uma decisão tão importante, é fundamental entender o que considerar para não errar na escolha.

Para isso, alguns pontos precisam ser considerados. Afinal, trocar de carro antes da hora pode resultar em uma perda de dinheiro bem grande. Da mesma maneira, deixar para trocar depois de muito tempo de uso pode custar muito dinheiro com reparos.

Com isso dito, se você quer saber quando trocar de carro, fique ligado no artigo que preparamos sobre o tema, logo abaixo. Boa leitura!

Qual o tempo de uso do veículo?

Especialistas em finanças e também em automóveis entram em consenso quanto ao tempo ideal para trocar de veículo. Esse momento certo precisa considerar o volume de uso e, claro, o estado de conservação do carro.

Desse modo, cinco anos é um bom tempo, em média, para começar a procura por um novo veículo. A partir dessa idade, as borrachas e plásticos do carro começam a se deteriorar e, da mesma maneira, os primeiros problemas mecânicos dão as caras.

Portanto, esperar além dos cinco anos pode causar muitas dores de cabeça.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

De olho na quilometragem: ela está muito alta?

Como falamos anteriormente, o volume de uso do veículo precisa ser considerado na hora de saber quando trocar de carro. Assim, quanto maior for a quilometragem do “carango”, mais altas são as chances dele precisar visitar uma oficina.

Nesse caso, cem mil quilômetros rodados representam um bom tempo de rodagem e, por consequência, podem ser utilizados como “sinal”. Você já sabe que chegou a hora de  procurar um novo xodó para rodar pelas ruas e estradas do país.

Leia também: 

O automóvel está quitado?

Outro ponto interessante para considerar quando trocar de carro é o parcelamento do veículo. Nesse caso, se o automóvel estiver sem parcelas do financiamento pendentes, pode ser uma boa escolha utilizá-lo de entrada para adquirir um novo.

Então, considere esse quesito para não ficar pulando de um financiamento pra outro e, assim, fazendo parcelas mensais cada vez maiores. Com um carro quitado de entrada, o valor da prestação de um novo veículo pode ficar bem acessível para seu bolso.

Seu automóvel é um modelo popular ou de luxo?

Carros de luxo tendem a se desvalorizar bastante a cada ano e a porcentagem pode variar entre 15% e 20% – dependendo do modelo escolhido. Assim, é importante ter isso em mente na hora de pensar em um veículo novo.

Portanto, sempre consulte os preços do mercado para entender qual o melhor momento de trocar de carro. Dependendo da situação, caso seu automóvel tenha uma mecânica robusta e acessível, pode ser inteligente ficar com ele por mais tempo.

Pintou um bom negócio?

Por último, um ponto importante para ajudar a decidir quando trocar de carro sem perder dinheiro no processo. É importante saber como  encontrar e aproveitar bons negócios. Se esse é o seu caso, considerando os outros pontos que apresentamos aqui, então não deixe a chance escapar.

Esses bons negócios envolvem uma perda baixa na valorização do veículo, o que acontece quando é uma troca entre pessoas físicas. Se você conseguir passar o automóvel para frente dessa maneira, possivelmente não vai ter um grande prejuízo na transação.

Aprendeu quando trocar de carro? Então, é hora de colocar um bom seguro nele!

Agora que você conheceu as principais dicas de quando trocar de carro, é hora de procurar uma boa oportunidade de negócio. Quando encontrar, escolha a melhor proteção possível para o novo automóvel – e também para o bolso.

Nesse ponto, o seguro auto Pay Per Use, da Thinkseg, é a modalidade ideal para os dois casos. Primeiro, porque seu carro fica totalmente protegido. Segundo, porque você pode economizar bastante com base na sua rotina de uso.

Na prática, funciona assim: no Pay Per Use, você paga uma assinatura baixa por mês e alguns centavos por quilômetro rodado. Ou seja, quanto menos você usar, mais barato o seguro vai ficar no fim do mês.

Assim, essa é chance para diminuir a dependência do veículo, apostando em meios sustentáveis de transporte, e optar pelo uso do mesmo apenas em situações especiais.

Até a próxima!

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Dúvidas sobre a CNH Social? O Detran esclarece
Não dá para dirigir sem CNH ou permissão para dirigir, não é mesmo? Se a grana está curta para...
Vazamento de água no carro: como identificar e o que fazer?
Um belo dia você sai da garagem e vê que há uma poça de água debaixo do carro. Se...
Direitos e deveres dos motoristas com os carros elétricos
A frota de carros elétricos não para de crescer no Brasil. Os modelos 100% elétricos tiveram 3.395 emplacamentos no...
Inmetro: saiba quais são carros mais econômicos de 2022
Apesar das ligeiras quedas no segundo semestre de 2022, o preço dos combustíveis continua alto no Brasil. Quem roda...
Quatro motivos para lavar o carro uma vez por mês
Nem todo mundo tem o hábito de lavar carro com frequência. Entretanto, a prática não é só prejudicial para...
Se eu atropelar um bichinho, meu seguro auto oferece cobertura?
Não é raro encontrar animais soltos nas ruas ou na beira de rodovias. Infelizmente, muitos estão perdidos ou foram...