Auto

Vistoria do carro: saiba tudo sobre o assunto

Compartilhe em:

Como é feita a vistoria de carro

Descubra como funciona a vistoria de carro e porque ela é tão importante para os proprietários de veículos

Você já precisou fazer a vistoria de carro alguma vez na vida? Essa atividade, normalmente executada por oficinas especializadas, tem como objetivo garantir que o automóvel esteja em boas condições de conservação para rodagem.

A partir dessa verificação, os motoristas podem continuar com seus procedimentos de transferências. Isso pode ocorrer na compra ou venda do automóvel, regularização da documentação do carro, mudança de domicílio ou contratação de seguro, quando solicitado pela seguradora.

Quer saber mais sobre a vistoria de carro? Informe-se no conteúdo que preparamos, logo abaixo. Boa leitura!

O que é vistoria de carro?

A vistoria de veículo realizada pelo Detran (ou postos autorizados) tem três objetivos básicos:

  • Garantir que o automóvel esteja apto para rodagem;
  • Atestar a autenticidade de toda a documentação veicular;
  • Confirmar se alguma alteração descaracterizou o veículo de alguma forma.

Assim, caso um dos itens acima não estejam de acordo com a regulamentação, o proprietário do veículo ficará impossibilitado de rodar com o mesmo nas vias. Ele precisará corrigir a situação até que seu automóvel seja liberado no processo de vistoria.

Quem deve fazer a vistoria de carro?

A vistoria de carro deve sempre ser realizada em situações específicas, conforme falamos anteriormente. Essas situações são:

  • Transferência de propriedade veicular, seja compra ou venda do bem;
  • Regularização de documentação do veículo, caso este esteja com alguma pendência com o Detran;
  • Mudança de domicílio do proprietário, para que os dados sejam atualizados no sistema e também para evitar qualquer tipo de fraude;
  • Contratação para alguns planos de seguros.

Desse modo, caso seja necessário fazer a vistoria, o veículo poderá ser avaliado no Detran – sujeito à disponibilidade do local – ou em postos autorizados. Esses postos são oficinas licenciadas pelo Departamento de Trânsito do estado, também conhecidas como ECVs.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Quais são os itens analisados

Além da documentação do veículo, onde o mesmo é comparado com as informações registradas no papel, alguns itens são verificados para garantir a idoneidade física do automóvel. Esses itens contemplam:

  • Verificação do sistema de sinalização;
  • Verificação do sistema de iluminação;
  • Verificação do sistema elétrico;
  • Verificação de rodas e direção;
  • Verificação dos equipamentos obrigatórios, como estepe, triângulo de sinalização, etc.

Dependendo do estado que você residir, pode ser necessário dar a partida no veículo para monitorar a emissão de gases poluentes. Dessa forma, veículos que soltam partículas acima do permitido ficarão impossibilitados de rodar pelas vias até que o problema seja completamente resolvido.

Leia também: Revisão do carro antes da viagem: saiba como fazer

Fazer a vistoria do carro

E no caso da Thinkseg, como funciona a vistoria de carro?

Como você sabe, o seguro auto Pay Per Use, da Thinkseg, é uma modalidade que atua 100% online. O motorista paga uma mensalidade baixa e alguns centavos por quilômetro rodado no fim do mês. Dessa forma, é possível economizar com a proteção do veículo, principalmente se você usá-lo em situações pontuais.

Por operar de forma online, o Pay Per Use dispensa a vistoria tradicional no Detran e nas ECVs, proporcionando muita comodidade para o motorista que não quer perder tempo com idas e vindas até os postos de vistoria.

No entanto, o processo para garantir que o veículo está apto para rodagem ainda é necessário. Porém, no caso da Thinkseg, os procedimentos são realizados pelo próprio motorista. Veja como funciona a vistoria de carro do Pay Per Use:

  • Após contratar o Pay Per Use, baixe o aplicativo e siga o passo a passo para a ativação do seguro;
  • Depois do processo de ativação, um link será enviado para fazer sua vistoria online;
  • Com poucos cliques, você tira fotos estratégicas do veículo e envia para a Thinkseg;
  • Pronto! Agora é só aguardar a validação das fotos.

Vistoria de veículos 0 km

Para veículos que acabaram de sair da concessionária, a necessidade de vistoria não existe. Isso porque o automóvel está novo e, possivelmente, não apresentará falhas como as encontradas nos carros usados.

Assim, a única atividade a fazer é tirar uma foto da nota fiscal do veículo, onde o carimbo que consta a data de saída do carro da concessionária deve ficar legível. Isso é suficiente para fazer o vínculo com o Pay Per Use e, desse modo, liberar o carro para rodar tranquilamente por aí.

Ficou com alguma dúvida sobre o conteúdo? Deixe seu comentário logo abaixo e, assim que possível, responderemos o seu questionamento. Até a próxima! 

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

O que o seu gosto por carro diz sobre você?
Você sabia que o carro diz muito sobre a personalidade da pessoa? E não pense que é possível avaliar...
Como organizar os gastos com o carro no início do ano?
A vida adulta nos traz algumas certezas. Uma delas é que todos os anos, logo nas primeiras semanas de...
Quais os benefícios de comprar um carro com direção hidráulica?
Até meados da década de 2000, apenas os carros mais caros vinham equipados com a direção hidráulica, ou seja,...
Quais os carros mais robustos do mercado?
Alguns carros ou marcas ganharam a fama de inquebráveis ao longo dos anos. E a boa imagem não foi...
Quais os melhores carros para trilha?
As férias de verão estão aí e nada melhor do que escolher um destino bacana e ir viajar. Entretanto,...
Os melhores tipos de faróis para as ocasiões do dia a dia
Os faróis são itens de fundamental importância para qualquer carro e possuem características de projeto bastante específicas e que...