Thinkseg
Atualidades

Planejamento financeiro: como aproveitar para cortar gastos na quarentena

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Dicas de planejamento financeiro familiar

Confira dicas importantes para cortar gastos durante o período de quarentena e, desse modo, deixar as finanças longe do vermelho

O planejamento financeiro familiar é importante em qualquer momento da vida. Em períodos de incerteza do mercado como esse da quarentena, esse assunto se torna ainda mais importante.

Reduzir gastos e usar o dinheiro com sabedoria são ações importantes que todos precisam aprender a fazer. Seja em momentos quando o dinheiro está sobrando ou naqueles períodos de “vacas magras”, usar o dinheiro com responsabilidade é essencial.

Portanto, aprenda como manter o planejamento financeiro familiar em dia para evitar sustos no fim do mês.

1. Liste e conheça seus ganhos e gastos

A primeira dica para um planejamento financeiro familiar eficiente é conhecer todos os ganhos e gastos dentro do mês. Dessa forma, é possível entender o cenário macro para tomar as atitudes necessárias para controlar as finanças.

Para isso, utilize planilhas, apps para celular ou um bom e velho caderno para anotar todos valores, mesmo que ele não passe de alguns poucos reais. Esse controle micro é essencial para dar os próximos passos e evitar gastos que não são necessários.

Assim, crie uma coluna que liste todos os ganhos, gastos essenciais e os gastos supérfluos e também variáveis. Nos gastos essenciais, considere aluguel, escola, alimentação, água, energia, internet e gás.

Já os supérfluos contemplam os gastos extras. Estes, em casos extremos, podem ser cancelados ou reduzidos até um mínimo aceitável para manter as finanças longe do vermelho.

2. Descubra a relação entre ganhos e gastos

Agora que os ganhos e gastos são conhecidos, você terá a possibilidade de conhecer – de verdade – se sobra ou falta dinheiro no final do mês. Então, some todos os ganhos e faça a diferença com a soma de todos os gastos.

Se você ganha mais do que costuma gastar, está tudo ok – mas ainda assim é possível melhorar o cenário. No sentido oposto, se você gasta mais do que consegue trazer para dentro de casa, então é preciso ajustar urgentemente o planejamento financeiro familiar.

3. Dê prioridade para o pagamento de contas

Antes de entrar em desespero, é importante se organizar para manter o essencial neste período de quarentena. Assim, garanta o pagamento daquilo que são gastos essenciais para que nenhum membro da família seja prejudicado.

Após garantir que tudo será devidamente pago, avance para a categoria de gastos supérfluos para entender o que pode ser literalmente cortado ou reduzido. Desse modo, ficará mais fácil ter controle no planejamento financeiro familiar.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

4. É hora de agir

Será que você precisa de um plano de TV a cabo com quatrocentos canais ou apenas cinco bastam nesse momento de isolamento social? Apesar de ser um exemplo, é importante ter esse tipo de questionamento na hora de cortar gastos na quarentena.

O mesmo vale para o plano de celular, que pode ser cortado ou reduzido drasticamente, já que vocês estarão isolados em casa e poderão usar o wi-fi para navegar na internet e fazer ligações. Adote essa postura para outras contas supérfluas e reduza consideravelmente os gastos.

5. Estabeleça metas de gastos

Uma regra bem interessante na área de finanças é conhecida como 50-30-20. De forma prática, ela funciona assim:

  • 50% dos ganhos são destinados para o pagamento de contas essenciais;
  • 30% dos ganhos são destinados para o uso com supérfluos;
  • 20% são destinados para investimento e reservas de emergência.

Dessa forma, se possível, seu planejamento financeiro familiar estará mais organizado do que nunca. Assim, basta acompanhar de perto os gastos para manter tudo sob controle.

Leia também: Serviços online para fazer no Detran e não ter que sair de casa

Dica bônus de planejamento financeiro familiar: opte por serviços flexíveis

Os serviços sob demanda são importantes para quem precisa economizar, já que você pode cancelar e retomar a assinatura quando for necessário, sem custo extra. Porém, os serviços flexíveis também podem te ajudar a economizar bastante.

O seguro auto Pay Per Use, por exemplo, oferece proteção total para seu veículo com uma pequena assinatura mensal e alguns centavos que são pagos por quilômetro rodado com o veículo. Assim, durante a quarentena, você vai economizar bastante com o carro em casa.

E o melhor de tudo: quando for necessário sair – em casos de extrema necessidade – seu automóvel ainda estará protegido contra danos, furtos e roubo. No entanto, você não precisará comprometer sua renda mensal para passar esse duro período de quarentena.

Está esperando o quê? Faça sua cotação agora mesmo e comece a economizar logo. Ah! E lembre de #FicarEmCasa durante essa pandemia, hein? Até a próxima!

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

VA-X4: um cruzamento de avião e helicóptero anunciado pela Gol para 2025
A Gol Linhas Aéreas anunciou que pretende começar a voar no Brasil a partir de meados de 2025 com...
Benefício Gasolina: quem tem direito?
O Senado Federal aprovou em março de 2022 o PL 1472/2021, projeto de lei que cria regras para estabilização...
Carros autônomos: o que são, como funcionam e mais!
A indústria automobilística já deu um passo à frente com o desenvolvimento dos carros elétricos, cujas vendas estão crescendo...
Mito ou verdade: kit promete carro movido a água
É sempre assim:basta uma série de elevações nos preços dos combustíveis para pipocarem engenhocas milagrosas que prometem reduzir o...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Projeto de lei quer dispensar autorização do Detran para a customização de carros
Quase todo entusiasta de automóveis gosta de deixar o carro com “a sua cara”. A customização e personalização é...