ThinkNews
Auto

Você sabe o que é a cobertura de danos morais?

Compartilhe em:

cobertura de danos morais

Sempre quando vamos renovar ou fazer um novo seguro auto surge a opção de cobertura de danos morais. 

Apesar de pouco difundida, essa cobertura opcional pode livrar o segurado de uma tremenda dor de cabeça em casos de sinistros que envolvam terceiros. Mas você o que é e para que serve a cobertura de danos morais?

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Cobertura de danos morais

Vamos entender um pouquinho mais sobre essa cobertura e suas vantagens.

1- Pode proteger o segurado de processos judiciais

A cobertura de danos morais protege o segurado se ele for processado após um sinistro. 

Vamos dar um exemplo. Imagine que o terceiro envolvido utilizava seu carro profissionalmente e, devido ao acidente e a posterior reparação, ficou 30 dias sem poder trabalhar. Então resolveu acionar judicialmente o segurado causador. 

Assim, neste caso, todas as custas do processo, do advogado e da indenização (caso haja) são garantidas pela cobertura de danos morais.

Outro exemplo: o segurado atinge um motociclista que acaba sofrendo invalidez permanente. Este considera insuficiente a indenização para danos corporais. Então, entra com um processo na Justiça pedindo uma quantia maior. Caso o juiz estipule um valor extra à vítima, o segurado estará amparado pela cobertura.

2- Muitas vezes está incluída na RCF-V

Algumas companhias seguradoras já incluem esta cobertura na cobertura para terceiros, conhecida por RCF-V – Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos. Ela é responsável pelas coberturas de danos corporais e materiais. 

Nestes casos, o valor de indenização estipulado pelo segurado para RCF-V na hora da contratação, além dos danos corporais e materiais, deverá pagar os danos morais, caso existam.

Porém, outras companhias preferem oferecer a cobertura de danos morais de forma opcional e avulsa. O segurado determina um valor que será usado única e exclusivamente para indenização de danos morais, caso seja necessário.

3- Acordos amigáveis são mais rápidos e descomplicados

Vale lembrar que o segurado não precisa ser acionado judicialmente para fazer uso da cobertura de danos morais. Portanto, se ele for cobrado extrajudicialmente ou assumir a culpa e entrar em acordo com o terceiro envolvido, a seguradora precisará validar o acerto entre as partes para depois pagar a indenização.

4- Existe franquia para cobertura de danos morais?

Não. O segurado não precisa pagar franquia para que os terceiros envolvidos sejam indenizados. A franquia deverá ser paga somente se o carro segurado necessitar de reparos.

5- Quando a cobertura de danos morais é importante?

Depende muito do perfil do segurado. Para aqueles que moram em grandes centros e pegam bastante tráfego em seus percursos diários, as chances de se envolver em um acidente são maiores. Assim, neste caso, consequentemente, uma ajuda extra na hora de indenizar um terceiro é sempre bem-vinda.

Se o segurado possui um perfil mais tranquilo, fazendo pouco uso do veículo, ou se mora em uma cidade com pouco movimento, talvez seja uma cobertura dispensável. Porém, vale relembrar que algumas seguradoras incluem a cobertura de danos morais na de RCF-V. Portanto, na dúvida, consulte a companhia ou o seu corretor.

5- O que esta cobertura não cobre?

  • Quaisquer danos envolvendo pais, filhos ou enteados, cônjuges, irmãos, outros graus de parentesco ou que dependentes do segurado;
  • Funcionários do segurado;
  • Companheiros de trabalho ou sócios;
  • Bens de terceiros danificados quando em poder do segurado.

6- O Seguro Auto Pay Per Use da Thinkseg tem cobertura de danos morais?

Sim, a cobertura para danos morais do Pay Per Use é de R$ 30 mil e já está incluída na apólice. 

Além disso, há mais 13 coberturas e serviços, entre elas cobertura para:

  • Roubo, furto, incêndio, colisões com perda parcial ou total;
  • Danos corporais e materiais;
  • Acidente pessoal de passageiro com morte ou invalidez;
  • Objetos transportados pelo veículo;
  • Assistência 24 horas;
  • Assistência residencial;
  • Chaveiro e troca de pneus.

No Pay Per Use da Thinkseg, você paga somente quando usa o carro

É tudo muito simples. Um aplicativo faz toda a telemetria, calcula a quilometragem mensal e distingue o meio de transporte que você está usando (o próprio carro, aplicativos de transporte, ônibus, bicicleta ou a pé). 

Pelo app, você tem todas as informações do seu seguro, além de acesso a assistência 24 horas e outras funcionalidades. Outra vantagem é que você faz a contratação, a vistoria do carro e o cancelamento da apólice pelo próprio celular, sem necessidade de ligações ou atendimento pessoal.  E você ainda pode pagar mensalmente e sem juros!

Um seguro com cobertura de danos morais, outros serviços exclusivos e ainda com peço justo? Só o Seguro Auto Pay Per Use da Thinkseg pode lhe oferecer isso. Faça sua cotação online e veja como dá para economizar.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Dúvidas sobre a CNH Social? O Detran esclarece
Não dá para dirigir sem CNH ou permissão para dirigir, não é mesmo? Se a grana está curta para...
Vazamento de água no carro: como identificar e o que fazer?
Um belo dia você sai da garagem e vê que há uma poça de água debaixo do carro. Se...
Direitos e deveres dos motoristas com os carros elétricos
A frota de carros elétricos não para de crescer no Brasil. Os modelos 100% elétricos tiveram 3.395 emplacamentos no...
Inmetro: saiba quais são carros mais econômicos de 2022
Apesar das ligeiras quedas no segundo semestre de 2022, o preço dos combustíveis continua alto no Brasil. Quem roda...
Quatro motivos para lavar o carro uma vez por mês
Nem todo mundo tem o hábito de lavar carro com frequência. Entretanto, a prática não é só prejudicial para...
Se eu atropelar um bichinho, meu seguro auto oferece cobertura?
Não é raro encontrar animais soltos nas ruas ou na beira de rodovias. Infelizmente, muitos estão perdidos ou foram...