Thinkseg
Auto

Carro parado estraga? Saiba como manter

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Carro parado estraga

Será que tem problema em deixá-lo muito tempo na garagem?

Afinal de contas, carro parado estraga? Essa é uma dúvida bastante comum entre os proprietários de automóveis, que os faz não saber como proceder quando o veículo fica por muitos dias estacionado.

A situação, inclusive, não é tão rara assim de acontecer, já que nem todo mundo que compra um carro deseja andar com ele todos os dias. Até mesmo quem tem este objetivo pode ficar alguns dias sem sair por motivos diversos.

Continue conosco para saber qual é a resposta!

Será que carro parado estraga mesmo?

A resposta é sim. Alguns componentes realmente podem sofrer com o carro parado. Mas se você tomar os cuidados certos, não será nada tão complicado assim.

O combustível pode “secar”, os fluidos envelhecem e podem perder sua eficácia e até mesmo a pintura do carro pode ser prejudicada caso não se adote nenhuma medida para sua proteção.

Seja por conta do isolamento social, uma viagem longa ou mesmo para quem usa pouco o carro, as principais práticas a se aplicar para evitar maiores problemas são as seguintes:

Ligue o carro uma vez por semana (se possível)

Já que carro parado estraga, uma boa dica é não deixá-lo muito tempo desligado na garagem, o que ajuda bastante. Porém, essa dica se aplica apenas quando você também está em casa ou se puder pedir para alguém de confiança vir para ligar o carro e deixá-lo assim por um tempo.

Ligue o carro e deixe-o assim pelo menos 30 minutos.Assim,  o combustível não ficará seco, o que pode causar problemas em toda a tubulação por onde ele passa, além dos bicos injetores, da bomba e das válvulas.

Essa é uma medida simples, que não custa nada no bolso e pode ajudar o veículo a ter uma vida útil muito maior!

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Rode um pouco com o carro a cada duas semanas (também se possível)

Essa é outra dica que nem sempre é possível aplicar. Mas se você tiver um amigo, parente ou vizinho de confiança, pode pedir que ele pegue o carro para rodar um pouquinho. Uns 5 quilômetros a cada duas semanas já são suficientes.

Deixar o motor ligado já ajuda, mas como o carro parado estraga, andar com ele é a melhor opção. Assim, dá para beneficiar também os demais sistemas do automóvel, como embreagem, freios e caixa de direção.

Se você tiver a oportunidade de contar com a ajuda de alguém, não deixe de aproveitá-la. Os carros, assim como acontece com outras máquinas e equipamentos, apresentam um funcionamento melhor quando são usados com frequência.

cuidados carro parado

Deixe-o estacionado em uma garagem coberta ou use uma capa

Nós sabemos que deixar o carro parado estraga, especialmente se isso acontecer por muito tempo e sem deixá-lo ligado por alguns minutos semanalmente, como vimos na dica anterior. Além disso, o ideal é que o carro fique sempre em uma garagem coberta.

Quando ele fica exposto aos raios solares, vento, chuva e poeira, a pintura pode ficar bastante prejudicada e sofrer com a corrosão. Por mais que a tinta usada para pintar os carros seja resistente, é preciso cuidar bem dela para que não fique danificada.

Caso esses danos aconteçam, além da estética ficar comprometida, também pode ser mais difícil vender o veículo Nesse caso é necessário confirmar com um pintor automotivo o que fazer para melhorar a situação, como um polimento ou uma nova pintura, se necessário, por exemplo.

Se não tiver como deixar o carro em uma garagem coberta, providencie uma capa para ele. Assim, mesmo que esteja sujeito às chuvas, ventos e raios solares, o impacto será bem menor. A capa, inclusive, pode ser usada até em garagens cobertas quando o veículo for ficar ali por muito tempo.

Veja também: Como começar a economizar dinheiro com seu carro?

Calibre os pneus no máximo recomendado

Pode parecer estranho falar sobre isso se o carro vai ficar parado, mas pense bem: se ele vai ficar por um bom tempo guardado, então você provavelmente não fará as calibragens recomendadas a cada duas semanas (ou menos, no caso de quem roda bastante). Logo, a pressão dos pneus tende a diminuir.

Por isso, antes de deixá-lo parado, o ideal é fazer a calibragem de pneus com a pressão máxima que consta no manual. Geralmente é aquela indicada para quando se vai pegar a estrada com o carro cheio, que é maior do que a usada para rodar apenas na rua e com o carro vazio, por exemplo.

Como parte da pressão naturalmente vai embora, isso ajuda a fazer com que a calibragem dure o máximo de tempo possível. É super importante proceder desta forma, já que pneus que murcham podem ficar deformados e, posteriormente, prejudicar sua rodagem adequada.

Uma dica ainda melhor é que, se possível, o veículo fique sobre um cavalete, de modo que os pneus não fiquem em contato com o solo e, assim, não se deformem.

Cuide bem do seu carro!

Deixar o carro parado realmente pode trazer alguns prejuízos. Mas basta tomar as devidas precauções para que ele continue funcionando perfeitamente, sem qualquer problema, da pintura aos pneus.

Se precisar deixar o carro parado, saiba que o seguro auto Pay Per Use é uma opção ainda melhor para você, já que paga o quanto usa. Com isso e os devidos cuidados, seu carro estará bem conservado e seu bolso também será beneficiado!

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Carros autônomos: o que são, como funcionam e mais!
A indústria automobilística já deu um passo à frente com o desenvolvimento dos carros elétricos, cujas vendas estão crescendo...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Projeto de lei quer dispensar autorização do Detran para a customização de carros
Quase todo entusiasta de automóveis gosta de deixar o carro com “a sua cara”. A customização e personalização é...
Brasil comemora o Dia do Automóvel em 13 de maio
Todo dia 13 de maio é comemorado no Brasil o Dia Nacional do Automóvel e da Estrada de Rodagem....
Como Londres está usando taxas em estradas para combater a poluição e a desigualdade
Berço da Revolução Industrial, a cidade de Londres sempre sofreu com a poluição. Nas últimas décadas, contudo, as emissões...
Ao vender o carro, posso transferir o seguro?
Ao trocar de carro, é muito comum o segurado não saber exatamente o que fazer em relação ao seguro...