Auto

Quando trocar a suspensão do carro?

Compartilhe em:

Quando trocar a suspensão do carro

Descubra todos os detalhes sobre a suspensão do carro para saber como detectar problemas e, assim, identificar a melhor hora de trocá-la

Você sabe o que é a suspensão de carro, qual sua importância e quando trocar essa peça importante para o veículo? Apesar de ser um item conhecido, muitos motoristas não dão a devida importância para ele.

E esse comportamento é absolutamente normal, já que os donos de automóveis desconhecem o risco que uma suspensão ruim pode causar. Assim, é importante entender um pouco mais para poder se precaver das situações de perigo.

Quer conhecer mais sobre a suspensão de carro para saber, exatamente, o momento que a troca deve ser realizada? Então, fique ligado no conteúdo que preparamos!

O que é e para que serve a suspensão de carro?

A suspensão de carro é um conjunto de peças que liga a roda com o chassi do carro. Ela tem a finalidade de manter os pneus em contato constante com o solo, mas sem comprometer o conforto dos passageiros pelos eventuais impactos que o veículo sofre ao rodar.

Assim, amortecedores, molas, bandejas e barra estabilizadora, entre outras peças, têm o trabalho de absorver o impacto da roda em buracos, desníveis e saliências no asfalto com eficiência. Além disso, eles mantêm a completa estabilidade do veículo.

Para que esse sistema funcione perfeitamente, a suspensão do carro depende de um conjunto que é composto pelas seguintes peças:

  • Amortecedor: sua principal função é diminuir o tempo de oscilação da mola, o que causa o completo controle do movimento da mesma;
  • Mola: tem como função sustentar o peso do veículo, fazendo com que a estrutura do carro não encoste nos pneus. Além disso, também é responsável por absorver as oscilações do solo;
  • Braço oscilante: também conhecido como bandeja de suspensão, o braço liga todos os componentes ao chassi do veículo, permitindo que eles façam seu trabalho com eficiência durante a direção;
  • Buchas de borracha: atuam como isolantes, impedindo o atrito direto entre os componentes;
  • Pivô: possibilita que a coluna de direção gire em seu próprio eixo, o que resulta na caixa de direção trabalhando para virar as rodas do veículo;
  • Coxim: tem a função de fixar o amortecedor no monobloco. O coxim recebe os impactos diretos das peças de amortecimento, além de permitir que a coluna de direção rotacione;
  • Barra estabilizadora: liga as duas colunas de suspensão e permite maior estabilidade para o veículo. Além disso, a barra também transfere a força entre as rodas por igual.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Quais os riscos de uma suspensão de carro ruim?

Como o sistema de suspensão liga as rodas à estrutura principal do carro, podemos dizer que o risco de não fazer as devidas manutenções no sistema é bem grande. 

Com as peças desgastadas, o motorista pode ter dificuldade em manter o carro estável e, com isso, causar um grande acidente.

Além disso, uma curva mais acentuada pode causar a quebra de um dos componentes de sustentação das rodas, por exemplo, o que pode fazer o carro perder o controle e, assim, capotar. Portanto, manter a manutenção do sistema é fundamental.

Dicas sobre suspensão do carro

Como identificar o momento de trocar

Vários sinais podem indicar que uma suspensão de carro está comprometida. No entanto, inicialmente, esses sinais podem ser bem sutis. Por isso,  é preciso ficar atento para os seguintes comportamentos:

  • Desgaste irregular ou precoce dos pneus;
  • Marcas de óleo no chão, que podem estar vazando dos amortecedores;
  • Ruídos e pancadas “secas” ao passar por lombadas ou obstáculos;
  • Movimento excessivo da carroceria, como se o carro estivesse pulando;
  • Aumento da distância de frenagem, ou seja, o tempo entre pisar no pedal e o carro parar, fica maior.

Como falamos, alguns comportamentos são bem discretos e podem passar despercebidos. Portanto, além de ficar atento ao que mencionamos acima, também é importante fazer manutenção preventiva com seu mecânico de confiança.

Leia também: Revisão do carro antes da viagem: saiba como fazer

Como trocar a suspensão do veículo?

Uma suspensão de carro é sempre trocada por profissionais que possuem a técnica necessária para identificar e corrigir os problemas com eficiência. 

Além dos equipamentos específicos para manutenção, a troca do sistema de suspensão precisa do conhecimento do mecânico. Ele vai conseguir substituir as peças sem oferecer riscos após o reparo.

Assim, nossa recomendação é que você visite regularmente uma oficina mecânica para receber orientações, fazer manutenção preventiva e, em caso de necessidade de troca, substituir as peças danificadas imediatamente.

Desse modo, sua suspensão sempre estará funcionando como o esperado, permitindo que o veículo se mantenha estável e seguro para circular pelas vias. No primeiro sinal de problema, não espere para verificar o que está acontecendo.

Mas, eventualmente, se o veículo quebrar enquanto você dirige, não deixe de chamar seu seguro auto para fazer o resgate do automóvel e, assim, te levar em segurança até a oficina mecânica. Até a próxima!

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

20 carros mais sustentáveis nos dias de hoje
Segundo dados do Relatório de Emissão Veiculares da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), os carros são...
Saiba como consultar pontuação da CNH
Entre as novas leis do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em vigor desde o dia 12 de abril de...
Tabela Fipe: O que é e como influencia no preço do seguro?
Seja na hora de comprar ou vender seu carro, seja na hora de fazer o seguro, você já deve...
4 motivos para realizar a manutenção preventiva do seu carro!
Se você é daqueles que têm pavor de ficar parado na rua com o carro quebrado, preste atenção: fazer...
Álcool ou gasolina: como calcular o custo de viagem de carro?
Não parece, mas em 2023 vão se completar 20 anos do lançamento do primeiro carro bicombustível brasileiro. Até a...
5 vantagens dos veículos autônomos
Nos últimos 20 anos, o mundo viveu uma verdadeira revolução tecnológica. No começo dos anos 2000, a internet ainda...