Auto

Quais são os sedãs mais vendidos em 2023?

Compartilhe em:

sedãs mais vendidos

Não é de hoje que os sedãs vêm perdendo espaço no mercado brasileiro. Se antes eles eram o sonho de consumo das famílias, hoje os objetos do desejo são os SUVs. Para se ter uma ideia, entre sedãs compactos e médios, há 10 anos havia mais de 20 modelos disponíveis nos concessionários. Atualmente, não chegam a 10, os sedãs mais vendidos.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Qualidades dos sedãs

Mesmo com a queda na procura, os sedãs ainda têm uma legião de fãs. Suas maiores qualidades são:

  • Dirigibilidade: por terem centro de gravidade mais baixo, os sedãs são mais estáveis que os SUVs;
  • Porta-malas: pode não parecer, mas a capacidade do porta-malas de quase todos os sedãs é maior do que a dos SUVs. Um Volkswagen Virtus, por exemplo, leva 521 litros de bagagem no porta-malas. No seu SUV irmão de plataforma, o T-Cross, cabem apenas 373 litros; 
  • Espaço para os passageiros: normalmente, os sedãs possuem distância entreeixos maior do que os SUVs. Além de melhorar a dirigibilidade, proporciona maior espaço para as pernas dos passageiros. Na Toyota, o Corolla sedã tem 2,70 metros de entreeixos. Já o SUV Corolla Cross tem seis centímetros a menos;
  • Preço: por estarem na moda, os SUVs são mais caros do que os sedãs com quem dividem plataforma. Na Honda, o City Touring, versão topo de linha, sai por R$ 139 mil. São R$ 12 mil a menos do que o HR-V EX Sensing, versão de entrada do SUV.

Sedãs mais vendidos em 2023

Separamos os sedãs mais vendidos no mercado brasileiro em 2023. Os dados são da Fenabrave, Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores e contemplam os emplacamentos realizados entre janeiro e novembro.

1° Chevrolet Onix Plus – 68.516 unidades

A versão sedã do Onix não só é o sedã mais vendido, como também o quarto colocado no ranking geral de emplacamentos. O modelo é vendido com motores 1.0 aspirado e turbo, com câmbio de seis marchas manual ou automático.

2° Fiat Cronos – 44.423 unidades

Na segunda posição entre os sedãs mais vendidos, o Fiat Cronos tem motores 1.0 e 1.3 e câmbios manual de cinco marchas, ou automático CVT, com sete.

3° Toyota Corolla – 38.876 unidades

O Corolla tem seu público cativo e vive em pé de guerra com seu irmão SUV, o Corolla Cross. Em 2023, a diferença é de apenas 1195 unidades a favor do sedã. O Corolla sedã é vendido como motores 2.0 e 1.8 híbrido, sempre com câmbio CVT.

4° Hyundai HB20S – 27.246 unidades

O HB20S é um modelo que já não chama tanto a atenção, apesar de ser bem vendido. Apesar de bem acabado e gostoso de dirigir, a versão sedã do HB20 usa a mesma plataforma desde 2012, o que acaba comprometendo o espaço interno. Está disponível com motores 1.0 aspirado e turbo e câmbio manual de cinco marchas ou automático, com seis.

5º Volkswagen Virtus – 23.465 unidades

Recentemente renovado, o Virtus se descolou do Polo e conta com visual próprio. Nesta subida de nível, o objetivo da Volkswagen foi buscar os antigos compradores do Jetta, hoje só disponível na versão esportiva GLI. O Virtus tem motores 1.0  e 1.4, ambos turbinados, e câmbios manual de cinco marchas e automático, de seis.

6° Toyota Yaris Sedan – 17.870 unidades

No mercado há quase seis anos, o Yaris nunca foi um fenômeno de vendas e deve ser a próxima vítima dos SUVs. É quase certo que o já anunciado Yaris Cross, que será produzido no Brasil em 2024, seja responsável por sua aposentadoria. O Yaris tem motor 1.5, sempre com câmbio CVT.

7º Honda City Sedan – 10.911 unidades

A terceira geração do Honda City brasileiro foi lançada em 2022 com a missão de agradar os donos do Civic, que deixou de ser produzido no país. Não conseguiu, por ser considerado pequeno e simples demais frente ao irmão maior, e afastou até os proprietários das gerações anteriores, que acharam a novidade cara demais.

8° Nissan Versa – 7.835 unidades

O Versa passou por uma leve reestilização na dianteira recentemente. Importado do México, sofre com alta procura por lá e nos EUA, onde também é vendido. Assim, sobram poucas unidades para o mercado brasileiro. Tem motor 1.6 e câmbio CVT.

9° Renault Logan – 4.144 unidades

Lançado em 2007, o Logan já não é mais produzido no Brasil desde o primeiro semestre. As unidades comercializadas são as últimas do estoque. Será substituído, veja só, pelo SUV Kardian, que também vai tomar o lugar do Sandero e começa a ser vendido em 2024.

10° Nissan Sentra – 3.762 unidades

O Sentra sofre do mesmo problema do irmão Versa. A fabricação mexicana limita a oferta por aqui, apesar de ter uma das melhores relações custo-benefício do mercado brasileiro. Por preço de SUV compacto, você leva um sedã médio bem equipado e com motor 2.0 acoplado a um câmbio automático CVT.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Saiba porque o seguro auto aumentou e o que contribuiu para a elevação
O cenário do mercado de seguros auto no Brasil tem passado por mudanças significativas nos últimos anos, refletindo diretamente...
Qual é o carro com preço de seguro mais barato em 2024?
No mercado de seguros automotivos, encontrar o equilíbrio perfeito entre proteção e custos é fundamental para os motoristas. Dentre...
Como pagar seguro auto somente por um mês. Isso é possível?
Nos últimos anos, a indústria de seguros tem passado por uma revolução notável, impulsionada pela tecnologia e pela busca...
Entenda como funciona seguro auto com franquia reduzida. Por que vale a pena?
Uma opção cada vez mais popular entre os proprietários de veículos é o seguro auto com franquia reduzida, uma...
Vai comprar carro em 2024? Confira as nossas dicas
O mercado automobilístico vai, aos poucos, se recuperando da queda nas vendas causada pela pandemia de Covid-19. Em 2023,...
Carros com difícil aceitação no seguro: o que fazer?
Na hora de adquirir um seguro para o seu veículo, muitos proprietários enfrentam um obstáculo significativo: a difícil aceitação...