Thinkseg
Auto

COMPROVADO: Mulheres dirigem melhor que os homens!

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Comprovado que mulheres dirigem melhor

Descubra por que as mulheres são consideradas melhores motoristas que os homens e como todos podem aprender com isso

Está comprovado: mulheres dirigem melhor que os homens e as estatísticas de trânsito dão todo o suporte para esse veredito. Com uma liderança positiva das estatísticas, o sexo feminino mostra que é possível cultivar um trânsito seguro e pacífico.

Apesar de muitos homens terem preconceito contra mulheres no volante, é fato de que elas têm muito para ensiná-los. Além de afastar a misoginia, o sexo feminino também pode servir como base para que os homens aprendam, de fato, a dirigir. E não estamos falando apenas de habilidade.

Quer saber mais sobre o porquê as mulheres dirigem melhor que os homens? Confira os motivos logo abaixo e boa leitura!

Mulher no volante, exemplo constante

Segundo dados do Infosiga SP, de cada 100 condutores que morrem em acidentes de trânsito, apenas 8 são mulheres. E não é apenas uma questão de proporção: os homens costumam ser mais violentos atrás do volante, gerando brigas, acidentes e prejudicando a paz de forma geral.

Para entendermos mais o que esses números representam, em 2019 o Estado de São Paulo tinha 37,5% de mulheres habilitadas. Porém, essa porcentagem não reflete nas fatalidades ocorridas com condutores, onde os homens são ampla maioria.

Quando evoluímos para dados gerais, considerando o sexo feminino como condutoras, pedestres ou passageiras, os dados apontam para 18,4% do percentual de mortes, o que ainda está bem abaixo das possibilidades.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Mais estatísticas importantes

  • Segundo alguns dados da seguradora Líder, 88% das indenizações pagas por morte foram pra homens, enquanto apenas 12% foram para mulheres;
  • No caso dos demais veículos, 76% dos indenizados foram homens e 24% mulheres;
  • Já para as indenizações, 79% dos valores pagos foram para pessoas do sexo masculino, enquanto 21% foram pagas para pessoas do sexo feminino;
  • No geral, a maior incidência de indenizações vai para homens, com 75% do total pago, contra 25% para mulheres.

Assim, com tantos dados – de várias fontes – mostrando que mulheres dirigem melhor, não há como questionar isso e ainda difamar a mulher no trânsito. Isso é simplesmente inaceitável e esse comportamento precisa mudar rapidamente.

Mulheres dirigem melhor e as atitudes comprovam

Boa parte desses resultados positivos estão no fato de que, historicamente, as mulheres são menos violentas que os homens. E esse comportamento agressivo, no gênero masculino, é refletido na violência das ruas.

Além disso, homens costumam se arriscar mais ao transitar pelas ruas. Dirigir embriagado, drogado, com sono ou, simplesmente, correr demais e tirar “rachas” com outros veículos aumentam consideravelmente as chances de acidentes acontecerem. E os homens abusam nesses quesitos.

O mesmo vale para as motos, onde é comum vermos motociclistas empinando e fazendo malabarismo nas ruas. Motoboys – que em sua maioria são homens –, apesar de estarem em horário de trabalho, também arriscam a segurança do público com manobras, alta velocidade e ações perigosas.

Pode até ser divertido para quem faz, mas a exposição da própria segurança e de terceiros, certamente, não tem graça nenhuma.

Mulheres realmente dirigem melhor?

Dirigir melhor não é questão de habilidade

Assim, para que o trânsito seja mais seguro, é preciso que várias mudanças de atitudes aconteçam. A primeira delas é entender que o carro não deve ser considerado como símbolo de status perante terceiros no trânsito. Ou seja, um carro nunca deve dar o direito de agredir outros motoristas e pedestres.

A segunda mudança é que habilidade para dirigir não depende de gênero. Mulheres dirigem melhor por serem mais controladas e se arriscarem menos, portanto, sofrem menos com a violência nas vias. Saber dirigir em alta velocidade e se desviando rapidamente de outros veículos só é importante no automobilismo.

Por último, os mais velhos – principalmente os pais – devem ensinar o respeito no trânsito para seus filhos, independentemente do gênero deles. Os bons exemplos sempre devem começar em casa para que as crianças, desde pequenas, já aprendam como se comportar.

Leia também: Carro para mulher: existe mesmo esta divisão?

Um futuro promissor no volante

Com muitos exemplos para dar aos homens, a boa notícia é que as mulheres estão, cada vez mais, se habilitando e tirando os carros das garagens. E essa atitude é importante para contribuir, de forma geral, com a segurança nas vias.

Com a quantidade de mulheres sendo ligeiramente maior do que homens, pode ser que vejamos, algum dia, mais motoristas do gênero feminino nas ruas. A partir desse evento, quem sabe, poderemos conquistar um trânsito mais seguro e menos mortal.

Mas, até lá, temos muito o que evoluir. O primeiro passo é assumir que mulheres dirigem melhor que homens e, na sequência, entender quais os motivos que levam a esse comportamento. Possivelmente, descobriremos que o amor por si e pelo próximo sejam mais fortes do que a vontade de se arriscar.

Assim, só é possível observar como elas dirigem e mostrar, através de estatísticas e dados, que o trânsito seria bem melhor se tivéssemos mais mulheres atrás dos volantes.

No fim, sejam homens ou mulheres, optar por um seguro auto que atenda às suas necessidades, respeitar às normas de trânsito e ter atitudes mais gentis contribuem diretamente para uma melhora significativa nesse cenário.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Carros autônomos: o que são, como funcionam e mais!
A indústria automobilística já deu um passo à frente com o desenvolvimento dos carros elétricos, cujas vendas estão crescendo...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Projeto de lei quer dispensar autorização do Detran para a customização de carros
Quase todo entusiasta de automóveis gosta de deixar o carro com “a sua cara”. A customização e personalização é...
Brasil comemora o Dia do Automóvel em 13 de maio
Todo dia 13 de maio é comemorado no Brasil o Dia Nacional do Automóvel e da Estrada de Rodagem....
Como Londres está usando taxas em estradas para combater a poluição e a desigualdade
Berço da Revolução Industrial, a cidade de Londres sempre sofreu com a poluição. Nas últimas décadas, contudo, as emissões...
Ao vender o carro, posso transferir o seguro?
Ao trocar de carro, é muito comum o segurado não saber exatamente o que fazer em relação ao seguro...