Thinkseg
Auto

Danos ao deixar o carro na rua ou em céu aberto

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Carro parado na rua

Saiba quais são os riscos que correm os veículos que ficam estacionados no relento e conheça os cuidados que devem ser adotados

Uma das maiores dificuldades para quem tem carro nos dias atuais é encontrar vagas cobertas para estacionar. Esse é certamente um desafio e tanto – seja na residência, no trabalho ou até mesmo em um passeio no final de semana. 

Isso se deve a uma série de fatores que estão relacionados não só a quantidade de carros circulando na rua, mas também a própria dinâmica das grandes cidades. 

Com espaços cada vez menores e mais disputados, resta aos motoristas estacionar o carro  em um lugar à céu aberto. No entanto, essa prática pode acarretar em uma série de prejuízos, uma vez que o veículo fica exposto a diversos riscos. 

Imóveis cada vez menores

Grande parte deste problema, está associado ao fato de que, cada vez mais, os edifícios e imóveis – residenciais e comerciais – estão ficando menores. 

A limitação de espaço gera consequências não só no tamanho dos apartamentos em si, mas também comodidades disponíveis para os moradores. Normalmente,eles só podem contar com uma vaga de garagem que, algumas vezes, nem e é coberta. 

Além disso, outro problema está na aquisição de mais de um veículo por família. Normalmente, famílias compostas por um casal + filhos jovens, possuem mais de um carro para guardar. Isso que resulta em deixar os demais veículos expostos ao tempo. 

Embora essa pareça uma situação de simples resolução, nem sempre há um estacionamento disponível por perto e isso também acarretaria em um alto custo por mês. 

A solução que encontram, na maioria das vezes, é deixar o carro estacionado em uma rua próxima ou até mesmo em frente ao prédio ou residência da família. 

Quais riscos o veículo está exposto quando fica em céu aberto?

carro na rua

Ao deixar o carro na rua ou em estacionamentos que não são cobertos, você expõe o seu carro à uma série de riscos que podem resultar em danos e, possivelmente, prejuízos para o seu bolso. 

Dentre os mais comuns, podemos mencionar as seguinte situações:

Pintura

Sendo um País tropical, a maioria dos dias aqui no Brasil são ensolarados. Isso significa que, mesmo no inverno, existem dias em que o sol está escaldante por aqui, sendo essa condição uma das mais prejudiciais para o seu veículo. 

Ficar parado algumas horas do dia sob um sol quente pode danificar a pintura. Isso provoca o ressecamento do verniz e causa microrachaduras que o deixarão com aquele aspecto envelhecido. 

Além disso, outro grande problema para a pintura do seu carro é justamente a chuva ácida causada nas grandes cidades (combinação de água da chuva + os poluentes do ar). Ela acaba por corroer a pintura e a deixa com aparência mais esbranquiçada. 

Os dejetos de pombos também são um agente agressivo que danifica severamente a pintura do carro, principalmente quando exposta ao sol. 

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Danos à lataria

Principalmente durante a primavera, as chuvas de granizo são comuns aqui no Brasi. Embora sejam bonitas de ver de longe, de perto fazem um estrago no seu carro que pode lhe custar um bom dinheiro. 

Isso porque algumas das pedras podem amassar a carroceria do carro, sendo necessário de um trabalho especializado para consertar os danos. 

Nestes casos, a única solução é evitar deixar o carro exposto ao tempo, principalmente durante à noite. 

Componentes de borracha, plástico e derivados

O sol também é um grande vilão dos componentes de borracha e plástico do carro. Caso o automóvel seja exposto diariamente aos raios ultravioleta, as partes plásticas e emborrachadas – frisos e vedações – podem ressecar e até mesmo rachar por conta da alta temperatura. 

Como se proteger dessas situações?

O mais indicado nestes casos é procurar um abrigo para que o seu carro não fique exposto à tantos danos. No entanto, caso não seja possível, existem algumas medidas que podem ser tomadas como maneira de minimizar os impactos do tempo no veículo. 

Capas protetoras

O uso de capas protetoras é uma saída viável para evitar que o sol e a chuva danifiquem o automóvel a longo prazo. Mas, alguns especialistas indicam que é preciso ter cuidado ao escolher o material da capa. Dependendo do material, elas podem derreter ou até mesmo danificar a pintura do carro. 

No mercado auto, você pode encontrar variadas opções, sendo uma delas inclusive uma capa térmica própria para essas situações. 

Uso de ceras

Encerar o carro com frequência também ajuda a proteger a pintura, além de dar mais brilho e deixá-la com um aspecto mais bonito. 

O indicado é que sejam utilizados produtos de qualidade, aplicando-os da mesma forma na parte interna, como por exemplo nos painéis e bancos, caso sejam de couro. 

Lavar o veículo com frequência

Fazer a lavagem do veículo periodicamente é importante para preservar sua aparência e evitar que a poeira deteriore a pintura ou outros componentes. 

Você pode optar por fazer isso em casa (lembre-se de usar os produtos certos) ou ainda levar à um lava-rápido ao menos uma vez por semana.

Contratar ou manter o seu Seguro Auto

Além da ação do tempo – sol, chuva e outros fatores – deixando o seu carro na rua você está exposto a uma série de outros problemas, como por exemplo a ação de algum motorista barbeiro ou até mesmo de pessoas mal intencionadas. 

Roubo, furto, colisão, arranhões… Esse é só o começo da lista enorme de uma infinidade de problemas que se pode ter ao estacionar o carro no tempo. 

Sendo assim, com a contratação de um seguro auto, você garante um respaldo financeiro para o caso de acontecer qualquer inconveniente. 

Afinal, hoje em dia existem opções muito mais em conta do que os seguros tradicionais – como o seguro pago por uso – e que podem te oferecer ainda mais benefícios. 

Com o seguro auto pago por km da Thinkseg, você pode desfrutar de uma cobertura completa para o seu automóvel. Você paga apenas uma mensalidade simbólica por mês + o valor de alguns centavos por quilômetro rodado. 

Viu como é simples? Vale a pena incluir no orçamento um seguro completo que com certeza sairá muito mais em conta do que arcar com os danos sozinho, caso venha a acontecer.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Carros autônomos: o que são, como funcionam e mais!
A indústria automobilística já deu um passo à frente com o desenvolvimento dos carros elétricos, cujas vendas estão crescendo...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Projeto de lei quer dispensar autorização do Detran para a customização de carros
Quase todo entusiasta de automóveis gosta de deixar o carro com “a sua cara”. A customização e personalização é...
Brasil comemora o Dia do Automóvel em 13 de maio
Todo dia 13 de maio é comemorado no Brasil o Dia Nacional do Automóvel e da Estrada de Rodagem....
Como Londres está usando taxas em estradas para combater a poluição e a desigualdade
Berço da Revolução Industrial, a cidade de Londres sempre sofreu com a poluição. Nas últimas décadas, contudo, as emissões...
Ao vender o carro, posso transferir o seguro?
Ao trocar de carro, é muito comum o segurado não saber exatamente o que fazer em relação ao seguro...