Thinkseg
Auto

O que é recall de carro e por que isso é importante?

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
O que é recall de carro

Descubra o que é recall de carro, por qual motivo ele é realizado e o que acontece quando o procedimento afeta o seu veículo

Você sabe o que é recall de carro? Esse procedimento raro, mas que tem aumentando ao longo dos anos, ainda gera dúvidas em muitas pessoas, que ficam confusas e desorientadas em como proceder com a situação.

Seja pelo receio de estar andando com um veículo inseguro ou por não entender exatamente o que há de errado, é certo que o recall não é uma situação normal para a maioria dos proprietários de veículos.

Quer saber o que é recall de carro e como ele funciona na prática? Confira o conteúdo que preparamos sobre o tema, logo abaixo.

Afinal, o que é recall de carro?

Na prática, recall é um alerta que indica aos donos de veículos que o carro apresenta algum problema de segurança. Dessa forma, ele precisa imediatamente ser levado até a concessionária.

Esse tipo de situação acontece para carros recém lançados e que, durante as inspeções de qualidade e testes, não apresentaram nenhum tipo de problema. Contudo, durante o uso nas ruas, algum problema de segurança faz com que o veículo seja convocado para um conserto proativo.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Por que o recall acontece?

Como os carros são projetos complexos de engenharia, podem acontecer situações onde os exaustivos testes não detectam a presença de alguma anormalidade. Assim, os fabricantes são obrigadas a reparar gratuitamente os problemas que colocam vidas de motoristas e passageiros em risco.

Outro ponto pode ser uma falha na linha de montagem dos veículos. Mesmo que o projeto original – realizado pela engenharia – esteja dentro da normalidade, é possível que algum problema nos processos da montadora causem alguma situação incomum no produto final. Assim, a solução é realizar o recall rapidamente.

Fui chamado para um recall, o que devo fazer?

Normalmente, nos avisos realizados já são dadas todas as instruções de como proceder para atender um recall informado pela montadora. Esses avisos são feiros pela internet, rádio, televisão, jornais ou revistas, além dos contatos diretos com os donos de veículos.

Assim, siga as recomendações para agendar sua visita e resolver o problema crônico que deixa seu veículo inseguro. Lembre-se que não existe prazo para atender o recall, já que ele poderá ser feito no momento que você puder e descobrir sobre a situação.

Além disso, fique atento para alerta de Aviso de Risco, que é exatamente a mesma situação de recall que conhecemos. Portanto, se receber alguma notificação com esse nome, saiba que o problema é igualmente grave e precisa de urgência.

Existe algum recall que não envolve condições de segurança?

Sim, esse tipo de recall é chamado de “Recall branco”. Ele é voluntário, já que a montadora não é obrigada a realizar o reparo, pois o problema não coloca nenhuma pessoa em risco. Aqui, os itens trocados poderão ser objetos cosméticos ou que não ficam em partes visíveis do carro. No entanto, faça valer o seu direito para que o reparo seja efetuado!

O que fazer para peças em falta durante um recall?

Motor de carro

Após a emissão de um comunicado de recall, a montadora é obrigada por lei a garantir que todos os veículos prejudicados serão reparados imediatamente. Assim, caso a sua solução não seja realizada, basta procurar o Procon com a devida reclamação da situação.

Dessa maneira, o órgão responsável pela defesa dos consumidores irá tomar as medidas cabíveis para que ninguém seja lesado ou corra riscos ao andar com um veículo impróprio para uso.

As seguradoras podem recusar um carro com recall?

Isso vai depender da situação. Atualmente, um recall não atendido após 1 ano da comunicação poderá ser registrado no documento do veículo, assim que o licenciamento for realizado. Com isso, se a seguradora julgar que esse reparo pendente pode ser prejudicial à empresa, ela pode recusar uma inclusão no seguro auto.

No entanto, essa recusa precisa ser, obrigatoriamente, acompanhada de uma justificativa formal. Assim, o proprietário do veículo poderá tomar as medidas necessárias para reparar o problema e voltar a contar com o seguro do automóvel.

Portanto, além da questão de segurança, é importante atender qualquer chamado de recall imediatamente para não complicar uma inclusão ou renovação de seguro.

Leia mais no blog: Como funciona o seguro de carro?

Não deixe que problemas de segurança afetem seu carro

Agora que você descobriu o que é recall de carro, já sabe como agir se isso acontecer com o seu veículo para evitar que a sua segurança seja colocada em risco. Portanto, ao receber a notificação, procure a autorizada rapidamente e conserte o problema o mais rapidamente.

E fique atento para qualquer tipo de solicitação não atendida. Você, como consumidor, tem o direito de ser prontamente atendido. Assim, procure os órgãos responsáveis e faça valer seu direito de consumidor.

No final das contas, apesar da dor de cabeça, não vale a pena colocar a vida em risco pelas consecutivas falhas de terceiros.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Carros autônomos: o que são, como funcionam e mais!
A indústria automobilística já deu um passo à frente com o desenvolvimento dos carros elétricos, cujas vendas estão crescendo...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Projeto de lei quer dispensar autorização do Detran para a customização de carros
Quase todo entusiasta de automóveis gosta de deixar o carro com “a sua cara”. A customização e personalização é...
Brasil comemora o Dia do Automóvel em 13 de maio
Todo dia 13 de maio é comemorado no Brasil o Dia Nacional do Automóvel e da Estrada de Rodagem....
Como Londres está usando taxas em estradas para combater a poluição e a desigualdade
Berço da Revolução Industrial, a cidade de Londres sempre sofreu com a poluição. Nas últimas décadas, contudo, as emissões...
Ao vender o carro, posso transferir o seguro?
Ao trocar de carro, é muito comum o segurado não saber exatamente o que fazer em relação ao seguro...