Auto

Freio ABS: o que é e para que serve?

Compartilhe em:

freio abs

Descubra o freio ABS e as suas funcionalidades para o carro

Em 2014, foram criadas legislações que estabeleceram a obrigatoriedade do freio ABS e de airbags duplos em todos os carros fabricados pelo Brasil. ABS é uma abreviação, em inglês, para Antilock Braking System. Ou seja, um sistema que evita o travamento das rodas no caso da necessidade de freadas bruscas de emergência. 

A indicação deste sistema deve constar no painel central do veículo. Ao ligá-lo, é preciso que a luz com a sigla ABS acenda e apague logo em seguida. Isso significará que está tudo em pleno funcionamento.

O freio ABS é um sistema inteligente que promove uma união entre a parte hidráulica e eletrônica do veículo. O objetivo principal é prevenir acidentes que são causados por uma freada brusca de emergência que ocasionam o deslizamento do carro. 

No Brasil, este tipo de acidente está muito relacionado com as chuvas e pistas molhadas. Já em outros países, o foco da proteção está no período de neve no asfalto.

Este sistema de freio foi criado pelo francês Gabriel Voisin, em 1929. Ele era um grande amigo do nosso conhecido Santos-Dumont, que começou a utilizar o freio ABS para pousar aeronaves. 

Na época, o uso desta tecnologia era caro e bastante inacessível para a população geral. Só a partir de 1978, mais de 50 anos depois, carros luxuosos como Mercedes-Benz e BMW incluíram a tecnologia nos seus veículos. 

No Brasil, este controle tecnológico de freio chegou em 1991 pela Volkswagen.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Como funciona o freio ABS

A tecnologia implementada nos sistemas de freio ABS utiliza sensores que monitoram a velocidade dos pneus. Ao identificar que a frenagem vai causar o travamento das rodas, ela atua de modo independente em cada pneu do veículo para que isso não aconteça. 

Na prática, o sistema coloca pressão e solta o pneu de maneira contínua durante alguns segundos. Isso faz com que as rodas não escorreguem no asfalto e o tempo de frenagem seja ainda maior.

Todo esse sistema só entra em ação quando identifica que o motorista pisou no pedal do freio de maneira brusca e com força, acionando todas as ações subsequentes.

Quando o freio ABS é acionado, o motorista do carro sente uma trepidação no pedal do freio e um ruído mais forte do que o normal. Não se preocupe ao sentir isso. Esta trepidação indica que está tudo ocorrendo conforme o planejado. 

Manutenção e segurança 

Em situações extremas, o carro que possui esta tecnologia estará seguro mesmo em pisos que possuem baixo nível de aderência como, por exemplo, areia, grama e asfalto molhado. 

A distância que o carro percorre quando aciona os freios em situação de risco chega a ser um terço menor do que a distância percorrida por veículos que derrapam na pista por falta do freio ABS

Além disso, o controle da direção é ainda melhor quando os freios são acionados, fazendo com que o motorista tenha um alto controle do veículo em situações de risco. 

Mesmo sendo um sistema de freios considerado confiável e profundamente seguro, não se esqueça dele na hora de realizar a revisão do seu carro. 

freio abs de carro

Separe alguns minutos para dar uma lida no manual do veículo e cumpra as orientações que estão elencadas ali. O ideal e padrão destas situações é que ocorra uma checagem preventiva a cada ano ou a cada 10 mil km rodados. 

Não deixe de dar uma atenção especial ao fluído de freio. A falta de manutenção pode danificar a unidade hidráulica do veículo e, consequentemente, comprometer a atuação do sistema ABS.

Vale a pena lembrar que realizar um seguro para o seu carro é uma complementação muito importante na segurança de quem está dirigindo e no investimento que foi feito na hora da compra. 

Atualmente, o seguro auto Pay Per Use está em alta, já que oferece um modelo de pagamento que considera a quantidade de quilômetros rodados. Ele cobra apenas quando o veículo é efetivamente utilizado pelo motorista. 

Mais em conta e com tantas funcionalidades que um seguro convencional, o Pay Per Use é ótimo para quem utiliza o transporte público no dia a dia, por exemplo, e o carro nos finais de semana.

Entenda os modelos de freio ABS

Você sabia que existem vários sistemas de freio ABS? Pois é! Na prática, cada tipo de freio tem uma função diferente no carro. Freios a tambor, por exemplo, são ótimos para as rodas traseiras. 

O freio de ar é mais indicado para veículos que estão na categoria de “veículos pesados”. Os freios ABS são mais indicados para os carros de passeio, já que é considerada a opção mais segura, exige menos espaço ao instalar no veículo e é o tipo mais estável e controlável. 

Alguns detalhes específicos, porém, mudam de um modelo para outro dentro do sistema ABS. Vamos entender quais são:

O EBD (Electronic Brake Force Distribution), conhecido como Repetidor Eletrônico de Frenagem, é um sistema que é considerado auxiliar ao freio ABS. Ele possibilita uma melhor distribuição da força aplicada na frenagem. 

Já o EAS (Electronic Actuation System) atua ajudando no melhor controle de tração e altura do veículo em comparação ao solo, auxiliando na aderência dos pneus.

Existe, também, o AFU (Aide au Freinage d’Urgence) que tem o objetivo de diminuir o esforço necessário no pedal e a trepidação ocasionada pelo freio ABS

Como vimos, no processo de frenagem do sistema ABS é necessário que o motorista pise fundo no pedal, o AFU faz com que a pressão do freio aumente e a parada total do veículo seja ainda mais rápida do que o ABS funcionando sozinho.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Dúvidas sobre a CNH Social? O Detran esclarece
Não dá para dirigir sem CNH ou permissão para dirigir, não é mesmo? Se a grana está curta para...
Vazamento de água no carro: como identificar e o que fazer?
Um belo dia você sai da garagem e vê que há uma poça de água debaixo do carro. Se...
Direitos e deveres dos motoristas com os carros elétricos
A frota de carros elétricos não para de crescer no Brasil. Os modelos 100% elétricos tiveram 3.395 emplacamentos no...
Inmetro: saiba quais são carros mais econômicos de 2022
Apesar das ligeiras quedas no segundo semestre de 2022, o preço dos combustíveis continua alto no Brasil. Quem roda...
Quatro motivos para lavar o carro uma vez por mês
Nem todo mundo tem o hábito de lavar carro com frequência. Entretanto, a prática não é só prejudicial para...
Se eu atropelar um bichinho, meu seguro auto oferece cobertura?
Não é raro encontrar animais soltos nas ruas ou na beira de rodovias. Infelizmente, muitos estão perdidos ou foram...