Auto

Quais carros não serão mais produzidos em 2021?

Compartilhe em:

carros 2021

Confira a lista de carros 2021 que não estarão mais em territórios brasileiros

Não é mais uma novidade que o Brasil terá uma lista de automóveis que não serão mais produzidos nesse novo ano.

Para os motoristas, existem tanto vantagens quanto desvantagens em investir em carros 2021. Principalmente se eles estão saindo de produção.

Nos últimos anos, é notável que o número de pessoas que utilizam carros, tanto para lazer quanto para trabalho, aumentou consideravelmente.

De acordo com o IBGE, graças aos aplicativos de corrida e serviços de entrega, esse número subiu cerca de 29,2% em comparação a 2017.

É inegável também que carros 2021 já virou uma questão quase necessária na vida de muitos brasileiros, já que a praticidade de locomoção e conforto ficam bem juntos na sua garagem.

Porém, é interessante estar atento a qual é o momento certo para investir em um veículo próprio.

Neste ano, foi anunciado que algumas marcas de carros não fariam mais parte do mercado brasileiro. 

O motivo da parada na produção pode variar de marca para marca. Pode ser pela baixa quantidade de vendas ou até mesmo por já estar muito avançado para o momento presente. 

É válido ressaltar que não é ruim investir em um automóvel que esteja saindo de linha. Muitas vezes você pode acabar investindo em um ótimo carro com um valor muito mais acessível ao seu bolso, especialmente ao considerar um seguro auto.

Portanto, fique de olho nas promoções e estude bem qual será o seu investimento antes de fechar negócio!

Veja a seguir quais são os carros que não serão mais produzidos no Brasil a partir deste ano.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Carros 2021 que sairão de linha

Ford

carros 2021 ford

Sem dúvidas a notícia do fechamento das fábricas da Ford no Brasil foi uma surpresa para grande parte dos brasileiros.

O principal motivo para a paralisação da produção faz parte do projeto de reestruturação de toda a empresa, em geral, buscando uma melhora mais saudável e sustentável.

Além de parar a produção, a Ford afirmou ainda que os modelos EcoSport, considerado o “pai” dos modelos SUV’s compactos, e Troller T4 terão as vendas interrompidas. Isso vai acontecer assim que o estoque de modelos se esgotar.

Honda Fit

Outro modelo que também deve deixar de ser vendido é o famoso compacto Honda Fit, que somente ano passado vendeu mais de 12 mil carros.

O motivo da pausa definitiva da venda é o lançamento da nova geração Fit na Ásia, que afetou diretamente a Honda Brasileira.

Para substituir este modelo, no segundo semestre de 2021 deve ser lançado o modelo City Hatch.

Citroën C3

Vendido no Brasil em sua segunda geração desde 2012, o Citroën C3 deve ser um dos carros 2021 que deixarão as lojas nacionais.

O hatch compacto teve um baixo volume de vendas. Por conta disso, o modelo que está estagnado há oito anos terá suas vendas interrompidas.

Mas fique tranquilo! Assim como o Honda Fit, este modelo será substituído, graças ao projeto CC21. 

Em primeira ocasião, o novo modelo, que será fabricado no Brasil, chegaria em terras nacionais em agosto deste ano. Porém, como a informação foi lançada antes da pandemia do Covid-19, é possível que o lançamento tenha um atraso.

Fiat Grand Siena

Por mais que a Fiat às vezes prorrogue alguns modelos, o Grand Siena está cada vez mais próximo de ter sua produção paralisada.

Em seu lançamento em 2021, o modelo fez sucesso entre os clientes por um bom tempo. Entretanto, com a chegada do Cronos, as vendas começaram a cair.

Porém, a Fiat sempre lança promoções, tanto para o Grand Siena quanto para o Cronos. Mas mesmo assim, a Fiat já está preparando novos modelos SUVs para chegarem às terras brasileiras. Isso pode ocasionar uma substituição do modelo de estreia.

Hyundai ix35

O Hyundai ix35 chegou ao Brasil em 2010 e fez grande sucesso entre os clientes. 

Em 2013, o modelo começou a ser fabricado aqui e mantém seu posto de “Novo Tucson”. Com o passar dos anos, sofreu leves alterações na sua aparência.

Porém, após a pandemia que afeta o mundo inteiro desde o início de 2020, o modelo é um grande candidato para deixar as lojas. Isso deve ocorrer por conta da grande baixa de número de vendas do carro.

Chevrolet Montana

A picape da Chevrolet, lançada no Brasil em meados de 2003, se encontra em seu décimo ano consecutivo sem mudanças. 

Recentemente foi anunciado pela GM que ela deverá investir em uma nova picape média – compacta, que poderá ter um embate maior com outras marcas de picape.

Toyota Etios

O modelo japonês que está no Brasil há alguns anos não deu nenhum indício de novas atualizações. Sendo assim, pode acabar entrando para a lista de carros 2021 que irão encerrar suas atividades.

Porém, na índia, onde o Etios chegou em 2010, o modelo chegou ao fim. Não que o encerramento da Índia afete a produção brasileira, mas pode se tornar um indício de que a marca não deve mais investir tanto na produção mundial do Etios.

A Toyota criou um modelo mais novo chamado Yuris, que compete bem ainda com o Etios por ser mais moderno. A marca, por sua vez, tentou diminuir o combate entre ambos e colocou o Etios em um patamar de preços inferior.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

20 carros mais sustentáveis nos dias de hoje
Segundo dados do Relatório de Emissão Veiculares da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), os carros são...
Saiba como consultar pontuação da CNH
Entre as novas leis do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em vigor desde o dia 12 de abril de...
Tabela Fipe: O que é e como influencia no preço do seguro?
Seja na hora de comprar ou vender seu carro, seja na hora de fazer o seguro, você já deve...
4 motivos para realizar a manutenção preventiva do seu carro!
Se você é daqueles que têm pavor de ficar parado na rua com o carro quebrado, preste atenção: fazer...
Álcool ou gasolina: como calcular o custo de viagem de carro?
Não parece, mas em 2023 vão se completar 20 anos do lançamento do primeiro carro bicombustível brasileiro. Até a...
5 vantagens dos veículos autônomos
Nos últimos 20 anos, o mundo viveu uma verdadeira revolução tecnológica. No começo dos anos 2000, a internet ainda...