Thinkseg
Auto

#Fuscalovers: porque este carro, quase centenário, ainda é o sonho de algumas pessoas

Compartilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Muito querido nos dias atuais, além de ser uma ótima opção para quem gosta de praticidade ao volante, o fusca é responsável por escrever capítulos apaixonantes de muitas histórias ao redor do mundo

Quem não tem um bom episódio de fusca para contar? Esse carro já foi protagonista de filmes da Disney, já foi símbolo de poder e requinte, já representou a classe de baixa renda e já foi o motivo de boas risadas e xingamentos por aí.

Mas, uma coisa ninguém pode negar: entra ano, sai ano e os apaixonados por fusca não abrem mão do seu possante. Muitos, inclusive, não trocam sua bolinha de estimação por nenhum carro cheio de botões e tecnologia.

Saiba mais sobre os motivos que fazem com que esse carro ainda seja o sonho de consumo de muitas pessoas e porque ele nunca sai de moda.

Como surgiu o fusca

Ele foi o primeiro carro fabricado pela Volkswagen, em 1934. Quando surgiu no mercado, o fusca tinha outro nome: KDF – Kraft Durch Freude, que, em português, significa “Força Através da Alegria”. E bota força nisso!

Seu protótipo foi desenvolvido por ninguém menos que Ferdinand Porsche, fundador da Porsche. E, para deixar a história do possante ainda mais instigante, quem deu o aval para sua produção foi Adolf Hitler.

A pedido do ditador, engenheiros alemães começaram a desenvolver novos tipos de automóveis para serem utilizados durante a guerra. Tenso, mas interessante! Daí a gente vê porque o carro é tão resistente, hein!

Só de fabricação, o fusca conta com 69 anos de uma história que foi criada com capítulos que passam pelas mais variadas situações. Conheça algumas delas:

Mudar pra quê?

O fusca foi um dos poucos modelos de automóvel que nunca sofreu recall ao longo de sua história.

Linha de produção

Dependendo do modelo do fusca, são necessárias entre 5000 e 7000 peças para sua fabricação.

Estrela de cinema

Em 1968,o fusca foi protagonista de um filme da Disney chamado Se Meu Fusca Falasse.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Apelido

No Brasil, o nome do carro surgiu porque as pessoas tinham dificuldade na pronúncia da palavra Volks. O “v” foi trocado pelo “f”, ficando Folks. Daí a criação do nome com base na sabedoria popular.

Apaixonados por fusca

Paradas de sucesso

Fuscão pretoooo, você é feito de açoooo! O cantor Almir Rogério fez história e estourou nas paradas de sucesso com esse hit. O alcance foi tão grande que a música foi gravada em espanhol e inglês. Inclusive, serviu de inspiração para um filme estrelado pela Xuxa!

Fusca no Brasil: início de uma relação de amor ?

O ano de 1950 marcou a chegada do primeiro lote de fuscas. Na ocasião, a família Matarazzo importou uma quantidade simbólica do carro: 30 unidades.

Quando passaram a ser produzidos em terras tupiniquins, os primeiros fuscas eram montados por uma empresa chamada Brasmotor porque não havia uma fábrica da Volkswagen em solo nacional.

Em 1993, a pedido do ex-presidente Itamar Franco,o carro voltou a ser produzido no Brasil. No entanto, a vendas não obtiveram sucesso e as vendas foram interrompidas em 1996.

Motivos de existirem tantos apaixonados por fusca ao redor do mundo ?

Além de todo esse contexto simbólico construído ao redor desse automóvel, existem motivos técnicos que fazem com que o universo de apaixonados por fusca nunca acabe.

Custo-benefício

O fusca possui um baixo preço de manutenção. Por ser um carro conhecido no mundo todo, suas peças são fáceis de serem encontradas e não há mecânico que não conheça todos os detalhes de manutenção dessa relíquia.

Fácil de estacionar

Por ser um veículo pequeno se comparado a outros carros, o fusca pode ser estacionado tranquilamente em qualquer lugar.

Economia

Muita gente acha que o fusca “bebe” muito combustível. No entanto, essa ideia pode ser desconstruída. Um modelo 1300 bem regulado pode andar tranquilamente e fazer de 9 a 11 km por litro, por exemplo.

Velocidade segura

Vai ser muito difícil ter notícias de alguém que se acidentou porque estava dirigindo um fusca em alta velocidade. Essa redução na pressa promove melhorias para a mobilidade urbana e garante o fluxo de um trânsito mais seguro e que leva em consideração a presença de pedestres, ciclistas e animais nas vias.

E aí? Vai entrar para o clube dos apaixonados por fusca? Se for adquirir o seu possante para desfilar com ele por aí, não se esqueça de praticar tudo o que você aprendeu no curso de direção defensiva, além de é claro, contratar um seguro auto para ele.

Só mais uma coisinha: use seu fusca para passear. Durante a semana, prefira outros meios de deslocamento, levando em consideração a fluidez do trânsito e a sustentabilidade.

COTAR SEGURO AUTO PAY PER USE

Carros autônomos: o que são, como funcionam e mais!
A indústria automobilística já deu um passo à frente com o desenvolvimento dos carros elétricos, cujas vendas estão crescendo...
Saiba como funciona o seguro para carro elétrico
Depois de bater recordes no último ano, a venda de carros eletrificados segue em alta em 2022. Houve uma...
Projeto de lei quer dispensar autorização do Detran para a customização de carros
Quase todo entusiasta de automóveis gosta de deixar o carro com “a sua cara”. A customização e personalização é...
Brasil comemora o Dia do Automóvel em 13 de maio
Todo dia 13 de maio é comemorado no Brasil o Dia Nacional do Automóvel e da Estrada de Rodagem....
Como Londres está usando taxas em estradas para combater a poluição e a desigualdade
Berço da Revolução Industrial, a cidade de Londres sempre sofreu com a poluição. Nas últimas décadas, contudo, as emissões...
Ao vender o carro, posso transferir o seguro?
Ao trocar de carro, é muito comum o segurado não saber exatamente o que fazer em relação ao seguro...